Arranque a Frio

As calhas dos bancos do Mazda MX-5 são inclinadas. Mas porquê?

Na busca pela redução do peso do MX-5, a Mazda não desprezou sequer o ajuste em altura dos bancos do seu icónico roadster.

Como bem sabes, um dos principais focos da Mazda no desenvolvimento da atual geração do MX-5 (a ND) foi a redução do peso do seu pequeno roadster, isto depois de durante duas gerações o MX-5 ter visto sempre o seu peso aumentar.

Para o fazer, a marca nipónica recorreu a várias soluções, desde uma redução das dimensões (o MX-5 ND é 105 mm mais curto, 20 mm mais baixo e 10 mm mais largo que o seu antecessor) até à utilização de materiais mais leves, sendo o resultado uma poupança média de 100 kg face à geração NC.

No entanto, nem só de menores dimensões e materiais mais leves foi feita esta dieta. É que a Mazda foi mais longe e para poupar alguns quilos e aboliu o sistema de ajuste da altura dos bancos. A solução? Inclinar as calhas dos bancos.

Isto permite ajustar a altura do banco sem um mecanismo extra, bastando para tal aproximar o banco do volante, sendo que este, conforme se move para a frente, também sobe. Segundo os engenheiros da Mazda, quem quer conduzir mais próximo do volante prefere, à partida, uma posição de condução mais alta, fazendo desta solução a ideal.

Mazda MX-5
Soluções inteligentes para questões “mundanas” parece ser o lema da Mazda.
VÊ TAMBÉM: Testámos o novo Mazda3 SKYACTIV-D com caixa automática. Uma boa combinação?

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Qual é a cilindrada do motor SKYACTIV-X?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mazda SKYACTIV-X em vídeo. Este motor a gasolina funciona como um DIESEL

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos