Apresentação

iV é a nova submarca elétrica da Skoda. O Citigo-e iV é o seu primeiro elétrico

A Skoda vai eletrificar-se e para o fazer criou a submarca iV. Ao mesmo tempo dá a conhecer o seu primeiro modelo 100% elétrico de sempre, o Citigo-e iV.

O plano é simples, mas ambicioso. Até 2022 a Skoda pretende lançar não um, não dois, mas 10 (!) modelos eletrificados. Para o fazer, a marca checa (que conta já com 124 anos de vida) decidiu criar uma submarca, a iV.

Integrada naquele que será o maior programa de investimento da história da Skoda, a submarca iV destina-se a desenvolver uma série de modelos eletrificados e novos serviços de mobilidade num investimento de dois mil milhões de euros para os próximos cinco anos.

Segundo Bernhard Maier, CEO da Skoda, a marca checa pode agora “cumprir os requisitos essenciais do cliente: maior autonomia, carregamento mais rápido e (…) preços acessíveis”. A aposta da marca checa na eletrificação assenta na confiança de que, em 2025 os modelos eletrificados e 100% elétricos irão constituir 25% das suas vendas.

RELACIONADO: Mais que um restyling. Conhece os novos Skoda Superb híbrido plug-in e Scout
Skoda Citigo-e iV
Face ao Citigo de combustão interna, o Citigo-e iV conta com algumas diferenças como a grelha tapada e pintada na cor da carroçaria, para-choques dianteiro redesenhados ou o desaparecimento do logótipo da Skoda na traseira, substituído pelo nome da marca.

Citigoe iV: o primeiro elétrico da Skoda

Apesar de só agora ter surgido, a submarca iV conta já com dois modelos. O primeiro é o Superb iV, a versão híbrida plug-in do renovado topo de gama checo e o primeiro modelo híbrido plug-in da marca. Conjugando o motor 1.4 TSI com um sistema híbrido plug-in, o Superb iV oferece 218 cv de potência combinada e 55 km de autonomia em modo 100% elétrico.

Já o outro modelo dá pelo nome de Citigoe iV e constitui-se como o primeiro elétrico da história da Skoda. Equipado com um motor de 83 cv (61 kW) e 210 Nm, o Citigoe iV recorre a uma bateria de 36,8 kWh de capacidade que lhe oferece uma autonomia de até 265 km (WLTP).

VÊ TAMBÉM: Testámos o Skoda Karoq 1.0 TSI: será que o Diesel faz falta?

Capaz de cumprir os 0 aos 100 km/h em 12,5s e atingir os 130 km/h de velocidade máxima, o Citigoe iV está disponível apenas na carroçaria de cinco portas e em dois níveis de equipamento:  Ambition e Style.

VÊ TAMBÉM: Toyota e Suzuki unidas em parceria vão partilhar tecnologia e… modelos
Skoda Citigo-e iV

Quanto ao carregamento, estão disponíveis três opções. A mais simples (e lenta) permite carregar até 80% da bateria em 12h37min numa tomada de 2,3 kW. Já as outras duas opções necessitam de cabos próprios (oferecidos de série na versão Style) e demoram, respetivamente, 4h8min numa wallbox de 7,2 kW e apenas uma hora com recurso a um sistema CCS (Combined Charging System) de 40 kW.

VÊ TAMBÉM: Este é o Kodiaq GT que não vais poder comprar

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Skoda Kodiaq RS?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Skoda Kodiaq RS chega a Portugal e já tem preço

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos