Tecnologia

Os filtros de partículas chegam aos… travões

Primeiro foram os motores Diesel, hoje vêmos-los nos motores a gasolina, e amanhã veremos filtros de partículas para os travões?

Depois dos filtros de partículas para os sistemas de escape dos automóveis, tanto Diesel como a gasolina, parece que vêm aí os filtros de partículas para os travões. Desenvolvidos com o intuito de reduzir a emissão de partículas emitidas aquando das travagens, já foi apanhado um protótipo da Volkswagen a testá-los.

Vistos em teste num Volkswagen Golf GTD, não se sabe ao certo qual é a proveniência destes filtros, mas tudo aponta para que sejam da empresa Mann+Hummel, que desde 2003 se dedica a combater as emissões de partículas provenientes dos travões.

De acordo com a Mann+Hummel, todos os anos são emitidas cerca de 10 mil toneladas destas partículas, e isto apenas na Alemanha. Se te estás a perguntar que partículas são estas, estás a ver aquele pó preto que te suja as jantes? É isso, mas o que são?

VÊ TAMBÉM: Volkswagen T-Roc R com 300 cv. O Hot SUV com sotaque português
Filtro partículas travões
O filtro de partículas no topo do disco de travão.

Com dimensões inferiores a 10 micrómetros (PM10), estão em toda a parte, não só produzidas por automóveis, sejam a combustão ou não — nos cruzamentos existe uma elevada concentração destas por serem zonas de travagens —, como também nos túneis do metropolitano.

De que são feitas estas perigosas partículas? Entre os seus componentes encontramos metais como ferro, cobre e manganésio, e nós estamos a respirar tudo isso.

Quais os benefícios dos filtros de partículas para os travões?

Para além dos óbvios benefícios ao nível do ambiente e da saúde pública (afinal de contas, estas partículas alojam-se nos alvéolos pulmonares da mesma forma que acontece com as partículas emitidas pelos motores de combustão), a Mann+Hummel afirma que poderá também haver benefícios ao nível da classificação ambiental dos modelos.

Segundo a empresa alemã, a adoção destes filtros de partículas para os travões permitiria equilibrar a “balança de emissões” de modelos classificados como Euro 5. Isto porque a captura de partículas não se resumiria apenas às produzidas nos travões, já que estes filtros podem simplesmente capturar aquelas que já estão em suspensão no ar.

Assim, segundo a Mann+Hummel, a captura de partículas por este filtros poderia compensar as emitidas pelo motor, o que lhes permitiria serem classificados (ao nível de emissões) como Euro 6 ou eventualmente até como veículos elétricos — mesmo os elétricos emitem partículas quando travam —, fazendo com que pudessem não estar sujeitos a algumas proibições de circulação.

VÊ TAMBÉM: De um motor de 3 cilindros nasceu o V12 do Aston Martin Valkyrie

Os filtros desenvolvidos pela Mann+Hummel são adaptáveis a travões de diferentes dimensões, resistentes à corrosão e capazes de suportar as elevadas temperaturas geradas na travagem. De acordo com testes, estes conseguem captar até 80% das partículas geradas durante a travagem.

Fonte: Carscoops e Mann+Hummel.

Sabes responder a esta?
Qual é o comprimento do Volkswagen T-Cross?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ao volante do novo T-Cross, o mais pequeno SUV da Volkswagen

Mais artigos em Notícias