Desde 25 900 euros

MINI Cooper D 1.5 116 cv. Neste caso, o Diesel ainda compensa?

Numa altura em que os Diesel estão debaixo de fogo intenso, que carro é que fui testar? Um MINI Cooper D 1.5 116 cv — sim, a gasóleo. Só para provocar? Talvez…

À parte do ruído ensurdecedor criado à volta dos Diesel vamos aos factos. Os motores Diesel estão mais ecológicos que nunca. E por ecológicos entenda-se que estes podem mesmo levar a melhor sobre os motores a gasolina em termos de emissões (não só de CO2 mas também de NOX).

O mérito é das tecnologias de tratamento de gases de escape que fizeram deste poluidores muito económicos uma das soluções mais amigas do ambiente. O problema está, neste momento, quanto a mim, na opinião pública.

Não só por culpa dos escândalos em torno dos Diesel, mas também de uma agenda política que por motivos difíceis de entender, querem enterrar esta tecnologia à força.

VÊ TAMBÉM: Futuro da Mini em discussão. Nova geração adiada para 2023?

Fazem mal

Enterrar os Diesel é uma péssima decisão. Bastaram alguns dias ao volante do MINI Cooper D 1.5 116cv para perceber isso mesmo.

Mini Cooper D
A inconfundível dianteira MINI.

Esta motorização tricilíndrica dá muito bem conta de si, sem brindar os ocupantes com vibrações ou ruídos excessivos. A resposta dos 116 cv e a agradabilidade de utilização é mais do que convincente — aliás, bem mais convincente do que no BMW 116d que testámos. De resto, os 9,3s dos 0-100 km/h falam por si.

Quanto a consumos, fazer médias abaixo dos 5 l/100 km é muito fácil

O único problema desta motorização, caso a cidade seja o teu principal habitat, é mesmo o facto das suas tecnologias de tratamento de gases de escape necessitarem de períodos de funcionamento mais dilatados do que o típico «pára-arranca» — daí que hoje, ninguém aconselhe motores Diesel para a cidade.

Mini Cooper D
Os pneus Hankook Ventus Prime 2 que equipavam esta versão não são um exemplo de aderência mas oferecem um bom conforto de rolamento.

Se pelo contrário fizeres tiradas mais longas em estrada e auto-estrada, não há grandes dúvidas: escolhe o Cooper D. Custa apenas mais 1300 euros que a versão a gasolina, tem performances similares e consumos bem mais razoáveis.

Dinamicamente MINI Cooper

Conduzir um MINI é uma experiência diferente de conduzir qualquer outro carro deste segmento. Quem já conduziu um MINI sabe do que estou a falar…

A direção é mais pesada que o normal para aumentar o feeling e o conjunto chassis/suspensões gostam de ser provocados.

Mini Cooper D
A unidade ensaiada estava equipada com o pack Chili, que é quase (para não dizer mesmo) obrigatório! Para saberes quanto custa, vê a ficha técnica no final do artigo

Todos estes detalhes em conjunto com o motor Diesel de 116cv fazem do pequeno MINI um excelente parceiro em condução mais dinâmica. A parte boa de tudo isto é que apesar do MINI ser efetivamente firme, não chega a ser desconfortável.

Confesso que para o meu gosto pessoal, mesmo na configuração menos aguerrida, a direção continua a ser excessivamente pesada, mas quando a diversão passa a ser a prioridade esse detalhe passa para segundo plano.

Diferente por fora e por dentro

Falar de um MINI sem falar de design é quase impossível. As diferenças que notamos em termos de postura em estrada, estendem-se à sua aparência «fora da bolha».

Há quem goste e há quem não… desculpa, acho que toda a gente gosta.

Por dentro o MINI também assume essa diferença. Temos vários itens que podem ser configurados ao nosso gosto, tornando quase impossível haver dois MINI exatamente iguais. Haja dinheiro, porque os itens mais excêntricos estão na lista de opcionais e não são nada baratos.

Faz swipe na galeria de imagens do interior:

O que também não é «nada barato» é o MINI Cooper D propriamente dito. O preço base da versão Cooper D é de 25 900 euros, mas como escrevi mais acima, se perderes alguns minutos a escolher opcionais o valor final vai superar facilmente os 30 000 euros — a unidade por nós testada ascendia a 34 569 euros!

É muito dinheiro? É, sem dúvida. Mas o MINI Cooper D é um modelo premium e isso nota-se na qualidade dos materiais, atenção ao detalhe, exclusividade e, claro, no preço.

Preço

unidade ensaiada

34.570

Versão base: €25.900

Classificação Euro NCAP: 4 / 5

  • Motor
    • Arquitectura: 3 cil. em linha
    • Capacidade: 1496 cm3
    • Posição: Transversal dianteira
    • Carregamento: Inj. Direta Common Rail, Turbo Geometria Variável e Intercooler
    • Distribuição: 4 vál. por cil.
    • Potência: 116 cv às 4000 rpm
    • Binário: 270 Nm entre as 1750 rpm e as 2250 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Caixa de dupla embraiagem com 7 vel.
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 3821 mm / 1727 mm / 1414 mm
    • Distância entre os eixos: 2495 mm
    • Bagageira: 211 l
    • Jantes / Pneus: 195/55 R16
    • Peso: 1260 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 3,8 l/100 km
    • Emissões de CO2: 99 g/km
    • Vel. máxima: 204 km/h
    • Aceleração: 9,3s
  • Garantias
    • Mecânica: 5 anos ou 80 mil quilómetros
  • Equipamento
    • Tecido/Pele Diamond Carbon Black
    • Tejadilho e Capas Espelhos em Preto
    • Apoio de braços frontal
Extras
Chili Pack, 3048,78 € — inclui MINI Driving Modes, MINI Excitement Package, Ar Condicionado automático, Cruise Control com função de travagem, Bancos dianteiros desportivos, Faróis Full LED Matrix; Connected Media 6,5", 406,5€; Solaris Orange Metalizado, 471,54€; PDC-Sensores estacionamento traseiros, 292,68€; Bluetooth Avançado+Carregamento Wireless+2xUSB, 195,12€.
Avaliação
6 / 10
O MINI continua igual a si mesmo. Divertido de conduzir e muito bem construído. Não é apenas um automóvel, é uma afirmação de estilo. Uma afirmação de estilo com que é muito fácil conviver no dia-a-dia, graças ao conforto de rolamento (mais que suficiente) e tecnologias presentes a bordo.
  • Conjunto chassis/suspensões
  • Atenção aos detalhes
  • Resposta do motor
  • Imagem da marca
  • Preço
  • Preço dos opcionais
  • Modos de condução demasiado semelhantes entre si
  • Direção por vezes demasiado pesada

Mais artigos em Testes, Ensaio

Os mais vistos