Apresentação

A Ford Ranger foi renovada e traz mais potência e tecnologia

A Ford Ranger renovou-se e chega à Europa em meados do ano. Com esta renovação a Ranger passou a contar com mais potência, mais economia e mais tecnologia.

Depois de em 2018 a Ford Ranger ter sido a pick-up mais vendida na Europa (51 500 unidades comercializadas e um aumento de 15% face a 2017), a Ford decidiu renová-la. Assim, a pick-up recebeu retoques estéticos, um novo motor e mais tecnologia.

Disponível nas configurações cabina simples, Super Cab e cabina dupla, as principais diferenças estéticas entre a nova Ranger e a versão anterior estão no pára-choques dianteiro (foi redesenhado) e na nova grelha. Já as versões de topo contam com faróis xénon e luzes diurnas LED.

Em termos tecnológicos, a Ranger conta de série com assistente de pré-colisão com detecção de peões e com limitador de velocidade inteligente, sendo o primeiro modelo do segmento a contar com estes equipamentos de série.

VÊ TAMBÉM: Ford Mondeo renovado estreia carrinha híbrida e novo motor Diesel

A Ranger conta ainda com o sistema de conectividade SYNC 3 e pode ser equipada com sistemas como o alerta e ajuda à manutenção na faixa, reconhecimento de sinais de trânsito, cruise control adaptativo com alerta frontal, entre outros.

Ford Ranger MY19
A Ford Ranger tem capacidade de reboque de até 3500 kg e uma capacidade de carga de até 1252 kg.

O novo motor da Ford Ranger

Nesta renovação, a Ford Ranger recebeu o motor Diesel EcoBlue de 2.0 l. Disponível em três níveis de potência, a Ford anuncia que com a adoção deste motor a Ranger não só melhorou as performances como viu os consumos reduzirem até 9% (4% no caso das versões com caixa manual).

A potência do 2.0 l EcoBlue varia entre os 130 cv (e 340 Nm) da versão menos potente e só com um turbo até aos 213 cv (e 500 Nm) da versão bi-turbo. Pelo meio encontra-se a versão de 170 cv e 420 Nm com apenas um turbo.

A versão menos potente só pode ser associada à caixa manual de seis velocidades, já as versões com 170 cv e 213 cv podem ser equipadas com caixa manual de seis velocidades ou automática de 10 velocidades (a mesma usada pela Ford F-150 e pelo Ford Mustang). Comum a todas as versões da Ranger é a tração integral.

Ford Ranger MY19
A nova Ranger mantém intactas as aptidões todo-o-terreno com uma capacidade para passagens a vau de 800 mm, 230 mm de distância ao solo, ângulo de ataque de 29º e ângulo de saída de 21º.

Com chegada prevista ao mercado para meados deste ano, ainda não são conhecidos os preços da renovada Ford Ranger. Entretanto, a Ford já confirmou a vinda da Ranger Raptor para o mercado europeu, também marcada para meados de 2019.

Sabes responder a esta?
Quantos cavalos tem o Ford Mustang 2.3 EcoBoost?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Mustang 2.3 Ecoboost. É preciso ser perfeito?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos