Conversão

Aston Martin quer eletrificar os seus clássicos

A Aston Martin quer eletrificar os seus clássicos, tornando-os à prova de futuro. O primeiro exemplo é o Heritage EV Concept, um DB6 Volante eletrificado.

A Aston Martin não quer que as restrições de circulação que têm vindo a ser impostas em várias cidades aos veículos de combustão interna venham a impedir os seus modelos clássicos de circular. Por isso, decidiu criar um sistema que permite eletrificar os seus clássicos de forma… reversível!

O “cassette EV system” foi mostrado num Aston Martin DB6 Mk2 Volante de 1970, designado Heritage EV Concept, e tem vindo a ser desenvolvido pela Aston Martin Works, a divisão de clássicos da marca britânica. Como base para este sistema a marca recorreu ao know-how e aos componentes do programa Rapide E.

O plano da marca é colocar este sistema em produção para “atenuar qualquer lei que restrinja o uso de carros clássicos no futuro”. De acordo com o CEO da marca, Andy Palmer, a Aston Martin “tem noção das pressões sociais e ambientais que ameaçam restringir o uso de carros clássicos no futuro (…) o plano “Second Century” não só engloba os novos modelos, mas também protege nossa herança preciosa ”.

VÊ TAMBÉM: Limitado a 99 unidades. É assim o Aston Martin Vanquish Zagato Shooting Brake
Aston Martin Heritage EV Concept

Como funciona o sistema?

O mais interessante do “cassette EV system” é que a instalação deste não só é reversível (o dono pode voltar a instalar o motor de combustão se assim quiser) como a instalação não exige alterações ao carro, uma vez que o sistema se instala nos suportes do motor e caixa de velocidades originais.

Ao contrário daquilo que vemos nos elétricos modernos, ou no Jaguar E-Type Zero, não surgem grandes ecrãs dentro do habitáculo, mantendo-se o visual original. O controlo das funções do sistema elétrico é feito através de um (muito) discreto painel dentro do habitáculo.

O facto de a conversão ser reversível leva a marca a afirmar que este sistema oferece aos clientes “a segurança de saber que o seu carro é à prova do futuro e socialmente responsável mas ainda assim um autêntico Aston Martin”.

As conversões para eletrificar os seus clássicos devem arrancar no próximo ano e serão feitas nas instalações da marca britânica.

No entanto, a Aston Martin não revelou dados acerca da potência, autonomia ou preço do sistema que permite eletrificar os seus clássicos.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Aston Martin Vantage?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Conduzimos o novo Aston Martin Vantage. Melhor que o Porsche 911?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos