Leilão

Este BMW 507 foi propriedade do homem que o desenhou e agora pode ser teu

Se está a pensar comprar um BMW raro e caro esta pode ser a resposta. A Bonhams vai leiloar um BMW 507 que foi do designer que criou as suas linhas.

O BMW 507 é um dos modelos mais raros da marca alemã. Produzido entre 1956 e 1959 este era suposto ter vendido milhares de unidades nos Estados Unidos, mas o elevado preço fez com que fosse um flop de vendas e no fim de contas acabaram por ser produzidas apenas 252 unidades.

Mas nem só de raridade se faz o BMW 507. Grande parte do apelo deste modelo vem da sua estética, fruto do génio de um homem: Albrecht Graf von Goertz, designer industrial. Além de ter sido o criador das elegantes linhas do 507, foi proprietário desta mesma unidade que a Bonhams vai levar a leilão.

Mas quem quiser este raro modelo é bom que tenha uma carteira recheada. Para teres uma ideia, ainda este ano, em Goodwood, foi vendido um BMW 507 por cerca de 4,9 milhões de dólares (cerca de 4,3 milhões de euros), tornando-o o BMW mais caro de sempre a ser vendido num leilão.

BMW 507
Para além de ter criado o BMW 507, Albrecht Graf von Goertz, desenhou ainda o BMW 503 e trabalhou para a Studebacker ao lado de outro grande nome do design, ‎Raymond Loewy. Depois trabalhou ainda como consultor de design para a Nissan, mas o BMW 507 foi mesmo a sua obra prima.
VÊ TAMBÉM: X7, o maior SUV da BMW chega em março

Os números do BMW 507

Como te dissemos o exemplar que a Bonhams vai levar a leilão no próximo mês foi propriedade do homem que o desenhou. Goertz não foi, no entanto, o seu primeiro proprietário. Este 507 foi adquirido na Áustria em 1958, mas só em 1971 é que foi comprado por Goertz que o manteve até 1985.

Na década de 90 foi alvo de um detalhado restauro tendo entretanto acabado numa coleção na Alemanha.

Este exemplar é um Series II e está pintado num vistoso vermelho. Debaixo do capot conta com um motor de 3.2 l V8 que debita 150 cv. Graças ao peso moderado (apenas 1280 kg) o BMW 507 era capaz de alcançar os cerca de 200 km/h de velocidade máxima e cumprir os 0 aos 100 km/h em 11s.

Dada a raridade do modelo e o facto de ter sido propriedade do autor das suas linhas a Bonhams prevê que no leilão, que vai decorrer a 1 de dezembro, este BMW 507 venha a ser vendido por cerca de 2,2 milhões de libras (cerca de 2,47 milhões de euros).

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o BMW Série 5 (E39)?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O novo BMW Série 3 (G20) é maior em quase tudo que o Série 5 (E39)

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos