Salão de Paris 2018

Agora em híbrido: como a Honda mudou o CR-V

A Honda aproveitou o Salão de Paris para mostrar o seu primeiro SUV híbrido para a Europa. O novo CR-V trocou a versão Diesel por uma híbrida e promete consumos igualmente baixos.

Honda revelou em Paris os dados oficiais do seu primeiro SUV híbrido destinado ao continente europeu. Depois de já o termos visto no Salão de Genebra deste ano, o novo CR-V foi agora mostrado na versão híbrida na capital francesa.

Assim, para a o híbrido que veio substituir a oferta Diesel na gama do SUV nipónico, a Honda anuncia valores de consumo de 5,3 l/100km  e emissões de CO2 de 120 g/km para a versão de duas rodas motrizes. Já a versão de tração integral consome 5,5 l/100km e emite 126 g/km de emissões de CO2 (valores obtidos de acordo com o NEDC).

Comum às versões de duas e quatro rodas motrizes é o valor de potência do CR-V Hybrid, que conta com um 2.0 i-VTEC que conjugado com o sistema híbrido debita 184 cv. Para além da versão híbrida, o Honda CR-V também vai estar disponível com o motor 1.5 VTEC Turbo, já usado no Honda Civic, em dois níveis de potência: 173 cv e 220 Nm de binário quando equipado com a caixa manual de seis velocidades e de 193 cv e 243 Nm de binário com caixa CVT.

ESPECIAL: Todas as novidades do Salão de Paris 2018
Honda CR-V Hybrid

Primeiro a gasolina depois em híbrido

Apesar de as primeiras unidades do Honda CR-V europeu terem chegada prevista ainda para este outono vai ser preciso esperar pelo início do próximo ano pelo híbrido, uma vez que na fase inicial de comercialização só vai estar disponível o 1.5 VTEC Turbo. A versão a gasolina vai estar disponível em versões de tração dianteira ou integral.

O sistema híbrido usado pelo Honda CR-V é designado i-MMD (Intelligent Multi-Mode Drive) e consegue, de forma automática, variar entre os três modos de condução: EV Drive, Hybrid Drive e Engine Drive. O sistema é composto por dois motores, um elétrico e um a gasolina que pode funcionar como gerador de energia para recarregar as baterias do sistema híbrido.

O novo Honda CR-V Hybrid utiliza o mesmo sistema de transmissão usado pelos automóveis elétricos, recorrendo a uma relação de caixa fixa, sem embraiagem, que permite que o binário seja transferido de uma forma mais suave e fluída. Apesar de chegar aos stands esta ano ainda não há dados relativos aos preços.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos