Diesel

Audi multada em 800 milhões de euros por não cumprimento das normas anti-poluição

Depois de ir atrás da Opel a justiça alemã também multou a Audi. Em causa estão violações relacionadas com motores V6 e V8 Diesel que não cumpriam as normas anti-poluição.

A Audi foi multada em 800 milhões de euros pelo tribunal de Munique. O motivo da aplicação da multa são violações das normas anti-poluição nas motorizações V6 e V8 Diesel.

Num comunicado publicado pela Audi a marca refere que a investigação do ministério público de Munique concluiu que “as funções de monitorização foram violadas na unidade organizacional “emissões de serviços / aprovação de motores de potência” no contexto do acompanhamento dos veículos relativamente à sua conformidade regulamentar.” e ainda que essas violações foram “causas simultâneas de certos motores Diesel V6 e V8 desenvolvidos pela AUDI AG que não cumpriram os requisitos regulamentares”.

O ministério público de Munique acusou ainda a Audi de não ter descoberto que vários motores Diesel produzidos dentro do grupo Volkswagen possuíam software de manipulação das emissões, como se lê no comunicado da marca: “A AUDI AG também não descobriu que os motores a diesel dos modelos EA 288 (Gen3), nos Estados Unidos e no Canadá, e EA 189, no resto do mundo, que foram produzidos pela Volkswagen AG foram anunciados, vendidos a clientes no mercado com uma função de software inadmissível no período de 2004 e continuando a ter efeito até 2018.”.

VÊ TAMBÉM: Futuro negro para os Diesel com mais abandonos e desenvolvimentos suspensos

A resposta da Audi

Face à decisão do ministério público de Munique, a Audi revelou no comunicado que aceitou a multa e que não planeia recorrer da mesma. No comunicado pode-se ler que: “Após uma análise meticulosa a Audi AG aceitou a multa e não vai interpor recurso quanto a ela. Ao fazê-lo a Audi AG admite a responsabilidade pelos desvios aos requisitos regulamentares

A Audi referiu ainda no comunicado que a multa vai-se refletir nos resultados financeiros previstos para 2018, afirmando que “considerando estes itens especiais, o Grupo Audi reduzirá significativamente os principais indicadores financeiros de desempenho previstos para o ano fiscal de 2018”.

O impacto pode até vir a ser positivo

Apesar de ter um  impacto imediato negativo, a empresa de análise financeira  Evercore ISI, citada pela  Automotive News Europe, considerou que a multa pode ser algo “tratável” e até “positivo” na medida em que remove mais um ponto de incerteza resultante do Dieselgate.

A mesma empresa de análise financeira refere ainda que é provável que os consumidores “vejam para além da multa e até acabem por a considerar algo positivo para a imagem da Audi”. Já no início deste mês o Grupo Volkswagen tinha rescindido contrato com o antigo CEO da Audi, Rupert Stadler, entretanto detido, devido a suspeitas de envolvimento no escândalo de falsificação das emissões.

Sabes responder a esta?
Qual é a autonomia do Audi e-tron?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Audi eletrifica-se em Paris com o e-tron
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Audi eletrifica-se em Paris com o e-tron

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos