Segurança

Euro NCAP. A6 e Touareg brilham, Jimny revela insuficiências

Na mais recente ronda de testes do Euro NCAP, resultados diversos. Destaque para as cinco estrelas dos alemães e as insuficiências do pequeno Suzuki Jimny.

Entidade independente que realiza testes de segurança a veículos novos comercializados no espaço da União Europeia, a Euro NCAP acaba de colocar à prova mais quatro modelos, alguns prestes a “desembarcar” no mercado europeu: Audi A6, Volkswagen Touareg, Ford Tourneo Connect e Suzuki Jimny.

Equipadas apenas com os sistemas de segurança ativa e passiva propostos de série, as quatro propostas foram sujeitas aos exigentes testes de colisão, como também foi averiguada a eficácia dos sistemas de assistência à condução — como a travagem automática de emergência —, com os resultados a revelarem pontuações bastante distintas. E, em particular num dos casos, inesperadamente insuficientes.

Assim e enquanto os dois modelos do Grupo Volkswagen passaram com distinção no teste, obtendo ambos a classificação de cinco estrelas, já a Ford Tourneo Connect e Suzuki Jimny não alcançaram as desejadas cinco estrelas — no caso do carro americano, com uma classificação de quatro estrelas, ao passo que o nipónico, com umas insuficientes três estrelas.

RELACIONADO: Euro NCAP. Volvo XC40 e novo Ford Focus postos à prova

A Euro NCAP recorda, no entanto, que o Tourneo Connect é uma versão melhorada do modelo testado em 2013. Agora surge equipada com travagem automática de emergência e assistente de manutenção na faixa de rodagem, que abrange também as versões comerciais, o que a torna melhor preparada para enfrentar os mais exigentes testes introduzidos este ano.

VÊ TAMBÉM: Fiat Punto. De cinco a zero estrelas Euro NCAP. Porquê?

As três estrelas do Jimny

O novo Suzuki Jimny tem gerado imensas expetativas após a sua apresentação, mas as três estrelas alcançadas, deixam-nos de pé atrás. Analisando os resultados em maior pormenor, verifica-se que se devem, sobretudo, ao comportamento insuficiente dos sistemas de assistência à condução — o peso destes sistemas na classificação final é cada vez maior. Além disso, apesar da presença de um sistema de alerta de saída de faixa de rodagem, o pequeno Suzuki Jimny não vem equipado com o sistema de manutenção na faixa de rodagem.

Mais preocupante foi o desempenho nos testes de colisão frontal com desfasamento, tendo-se verificado pressão insuficiente no airbag do condutor, não impedindo o contacto da cabeça do condutor com o volante. No teste de colisão frontal a 100% (sem desfasamento), verificou-se igualmente uma fraca proteção do peito dos dois ocupantes dianteiros.

No cômputo geral, os últimos resultados demonstram que, embora os testes Euro NCAP se vão tornando cada vez mais exigentes, a obtenção das cinco estrelas continua a ser um objetivo alcançável, ainda que desafiante, para a indústria automóvel.

Michiel van Ratingen, Secretário Geral do Euro NCAP

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro automóvel a conseguir cinco estrelas nos mais exigentes testes Euro NCAP introduzidos em 2018?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Nissan Leaf. O primeiro a conseguir cinco estrelas nos novos testes do Euro NCAP

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos