Experiência

Chris Harris “puxa” travão de mão eletrónico a mais de 190 km/h…

Chris Harris quer perceber se o travão de mão eletrónico é capaz de garantir o mesmo nível de diversão e interação que um travão de mão mecânico.

Ao volante de um Volkswagen Golf R, Chris Harris, juntamente com o seu colega Rory Reid, apresentadores do conhecido programa Top Gear, quer saber o que acontece se o travão de mão eletrónico — ou será travão de dedo? — permite o mesmo nível de interação e diversão que um travão de mão mecânico.

Uma experiência, em nome da ciência, com Chris Harris a vestir-se “apropriadamente” para a ocasião, caso algo corra mal. Até porque não se coibiu de ativar o travão de mão a 120 mph (193 km/h), como o próprio refere, velocidade típica em autoestrada…, claramente não nas nossas, mas nas alemãs. Um segundo teste é realizado com a manobra mais clássica de todas, curva com travão de mão, ou melhor, um pião.

Resultado das experiências? Um anticlímax, perfeitamente de acordo com as apertadas redes de segurança eletrónicas dos automóveis de hoje em dia, para desalento do sr. Chris Harris, e diga-se, para todos nós.

RELACIONADO: Será o fim do travão de mão mecânico?

Já aqui referimos que a presença de travões de mão mecânicos nos automóveis estão em queda, e tal como as caixas de velocidade manuais, são cada vez mais uma espécie em vias de extinção. Apesar das suas vantagens práticas, o travão de mão eletrónico não deixa de “roubar” mais um momento de interação com o automóvel. 

Sabes responder a esta?
Qual a potência combinada máxima do Peugeot 3008 GT HYBRID4?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Peugeot aposta nos híbridos plug-in com novos 508 HYBRID e 3008 GT HYBRID4

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos