Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Novidade

Skoda Karoq Scout. Será que vem para Portugal?

Agora com o Karoq, sucessor natural do Yeti, a Skoda recupera designação já com história na marca checa: Scout. Que, tal como antes, é sinónimo de aventura.

Novo modelo entrada na gama na SUV da marca de Mladá Boreslav, o novo Skoda Karoq vê aumentada a sua oferta, com a introdução daquela que será a versão mais aventureira: o Skoda Karoq Scout. Basicamente, a solução checa para quem se quer aventurar no todo-o-terreno.

A ajudar a esta certeza, uma série de soluções, desde logo, estéticas, importadas dos verdadeiros off road, como é o caso das proteções em plástico nos rebordos da carroçaria, as (imitações de) proteções em metal à frente e atrás, faróis escurecidos e emblemas “Scout”, sem esquecer as jantes de 18”, que têm o nome, curiosamente, de Braga — sim, como a nossa cidade nortenha. Em opção existem jantes de 19″, também com o nome curioso de “Crater”.

Já no interior, revestimentos dos bancos com decoração específica, volante multifunções revestido a pele, pedais em alumínio e pacote de iluminação em LED, tudo de série.

RELACIONADO: Skoda Kodiaq RS, o improvável recordista de Nürburgring
Skoda Karoq Scout 2018

Gasolina, Diesel… todos 4×4

Nos mercados europeus onde já está disponível, o Skoda Karoq Scout surge apenas com tração integral, com os motores 1.5 TSI 150 cv com caixa automática DSG de sete velocidades, e 2.0 TDI com 150 e 190 cv; o 2.0 TDI de 150 cv acoplado tanto a caixa manual de seis velocidades como a DSG de sete velocidades, ao passo que a versão de 190 cv, apenas e só com DSG.

RELACIONADO: Skoda acelera a fundo. 19 novos modelos até ao final de 2020
Skoda Karoq Scout 2018

Portugal? Lá mais para a frente…

Em Portugal, a Razão Automóvel apurou junto do importador que existe o desejo de comercializar o Skoda Karoq Scout, mesmo tratando-se de uma proposta que, fruto da tração integral permanente, não conseguirá escapar-se a pagar Classe 2 nas portagens, ao contrário dos Karoq com tração dianteira, que pagam Classe 1.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Outra possibilidade poderá ser a opção, lá mais para a frente, de uma versão Scout Line, estratégia já utilizada no Rapid, que, apesar da denominação, mantinha a tração dianteira. Independentemente do caminho escolhido, o novo Skoda Karoq Scout terá apresentação pública no próximo Salão de Paris, em outubro.

RELACIONADO: Skoda Sunroq. E se o Karoq tivesse uma versão descapotável?

Sabe responder a esta?
Qual a autonomia anunciada para o novo Renault ZOE R110?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Renault ZOE R110. Mais potência sem perder autonomia

Mais artigos em Notícias