Elétricos

Peugeot 208 com versão EV. E tu não vais conseguir distinguir

Agendada para 2019, a próxima geração do Peugeot 208 vai ter uma versão elétrica. Embora o mais difícil vá ser distingui-la das restantes.

A certeza foi dada, à britânica Autocar, pelo diretor de design da Peugeot, Gilles Vidal, explicando que o Peugeot 208 EV poucas diferenças estéticas ostentará, face aos irmãos equipados com motor de combustão.

Segundo Gilles Vidal, apenas a grelha frontal poderá apresentar algumas alterações, e o sistema de info-entretenimento que terá alguns sub-menus específicos desta motorização.

“Simplesmente, achamos que não é necessário gritar aos sete ventos que se trata de uma versão elétrica”, afirma o diretor de design da Peugeot, até porque “o objetivo da opção elétrica é que complete a atual gama 208, e não funcione como uma versão à parte”.

RELACIONADO: Primeiro contacto: Peugeot 208
peugeot 208
Além de pequenas alterações na grelha frontal, apenas o sistema de info-entretenimento do futuro Peugeot 208 EV, promete apresentar alguns sub-menus específicos desta versão.

Família EV? Não, obrigado!…

Quanto à possibilidade deste Peugeot 208 EV poder vir a ser mais um passo no sentido da criação de uma nova marca 100% elétrica, o diretor de design da Peugeot garante que “não temos qualquer intenção, neste momento, de lançar uma marca exclusivamente elétrica. Para nós, a plataforma para veículos elétricos e-CMP significa apenas que os nossos modelos vão poder adoptar diferentes sistemas de propulsão”.

Entre os vários objetivos já definidos, a Peugeot anunciou, há algum tempo atrás, a intenção de oferecer uma versão elétrica de todos os seus modelos. O Peugeot 208 EV é apenas o passo mais recente rumo a este desiderato.

peugeot 208 2015
Peugeot 208 parte de uma futura família elétrica? Nada disso, garante Gilles Vidal

A importância da insonorização

Gilles Vidal admitiu ainda que a decisão de lançar um Peugeot 208 EV acabou por influenciar o desenvolvimento de toda a nova geração do modelo, uma vez que, com o elétrico, “passaram-se a ouvir ruídos que habitualmente não se conseguem ouvir nas versões com motor de combustão”.

RELACIONADO: Já testei o novo Peugeot 508. Uma evolução gigante

O ruído proveniente da caixa de velocidades e do rolamento dos pneus, por exemplo, passou a ser muito mais audível, na versão elétrica. Pelo que tivemos de trabalhar mais arduamente no sentido de diminuir esse sons, no novo 208

Gilles Vidal, diretor de design da Peugeot

Sabes responder a esta?
Qual a potência anunciada pelo Hyundai Nexo a hidrogénio?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o Hyundai Nexo. O carro a hidrogénio mais avançado do mundo

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos