Arranque a Frio

Robocar três segundos mais rápido do que um Mercedes… de 1908

Vimos o Robocar, um carro autónomo, a subir Goodwood sem percalços… Mas um Mercedes Grand Prix com 110 anos de idade foi praticamente tão rápido como ele.

Se o Ford Mustang “bêbado” necessitava claramente de muito mais desenvolvimento antes de o terem largado na rampa de Goodwood, o Robocar, o outro veículo autónomo presente, por outro lado, mostrou muito mais eficácia a chegar ao topo da rampa de 1,86 km de extensão.

Não houve uma tempo oficial para o Robocar, mas usando o “olhómetro” no filme da sua subida, chegamos a um tempo à volta dos 1min16s. Nada mal, considerando o seu potencial — quatro motores elétricos com 300 kW (408 cv) cada (não sabemos a potência total combinada), capaz de atingir os 320 km/h —, e o facto de ser o primeiro carro de competição autónomo.

Mas reparem no filme abaixo. Um Mercedes Grand Prix, de 1908 — são 110 anos de idade —, com um monstro de motor de 12,8 l e quatro enormes cilindros, apenas 130 cv e transmissão por corrente, conseguiu subir a rampa em apenas 1min18,84s, pouco mais de 3,0s que o carro elétrico e autónomo do século XXI.

Considerando as especificações do Robocar, o “piloto” ainda tem muito de evoluir.

RELACIONADO: Portugal vai ter carros autónomos na estrada já a partir de 2020

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 9h00 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Qual a capacidade das baterias do Tesla Model S P100D
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Conduzimos o Tesla Model S P100D. Que tiro foi esse?

Mais artigos em Notícias