Mobilidade

Via Verde Planner. Descobre a melhor forma de te deslocares em Lisboa

Quantas vezes não te aconteceu já quereres ir para uma determinada zona de Lisboa e não saberes que transportes apanhar? O Via Verde Planner, plataforma digital que acaba de ser apresentada, pode vir a ser a solução!

Apresentada esta quarta-feira, o Via Verde Planner é uma nova plataforma digital, acessível através de download no smartphone ou tablet, que, de forma (para já) gratuita e sem necessidade de qualquer subscrição, permite definir trajetos ou viagens dentro da cidade de Lisboa, obtendo, em seguida, informações sobre os transportes, públicos ou privados, que se deve apanhar, o tempo que demorarão, os custos que implicam, assim como hora de chegada.

Embora o lançamento comercial da aplicação só esteja previsto para depois do verão, a Via Verde decidiu começar, desde já, a disponibilizar esta plataforma de mobilidade multimodal e que integra serviços de transporte tão diverso como a Carris, o Metro, a CP, a Fertagus, a Soflusa os táxis, o carsharing e até o ride-hailing, também como forma de ir recolhendo o feedback dos utilizadores.

Para que serve?

Sem qualquer custo ou assinatura, a não ser o preço dos transportes propriamente ditos, a Via Verde Planner permite assim, com recurso a uma simples app, não só conhecer as opções de que dispõe para uma deslocação em concreto, os respetivos preços e tempos de viagem, como também fazer a reserva dos transportes que a isso exijam. Como é o caso, por exemplo, das empresas de carsharing DriveNow ou de ride-hailing Cabify.

Via Verde Mobilidade App 2018

Do Via Verde Planner fazem igualmente parte outros serviços Via Verde já suportados em aplicações, como é o caso do Via Verde Boleias (Carpooling), em fase de expansão através de parcerias com empresas e universidades; do Via Verde Estacionar, já com 200 mil clientes em 20 cidades e que em breve estará em Lisboa; do serviço de carsharing DriveNow, que dentro em breve passará a contar igualmente com descapotáveis; e, finalmente, do Via Verde Transportes, destinado ao pagamento dos transportes públicos, mas que, para já, está ainda numa fase de testes, na Fertagus.

RELACIONADO: A emov arranca hoje em Lisboa com frota de 150 veículos 100% elétricos

Quem paga?

Salientando que a plataforma está aberta a todos os parceiros que queiram aderir, até porque o objetivo da Via Verde Planner é “comparar todo o tipo de mobilidade”, o administrador da Via Verde Serviços, Luis d’Eça Pinheiro, não deixou de destacar o facto deste novo serviço ter vindo “facilitar a escolha do melhor trajeto de A para B, dando informação útil e atualizada, para cada pessoa poder fazer a sua escolha de viagem”.

Quanto a custos, o mesmo responsável recorda que, nesta fase, os operadores vão poder integrar a plataforma sem qualquer custo, embora, noutros países onde o mesmo serviço já existe, o modelo de negócio passe pela “cobrança aos operadores de uma percentagem pela utilização do serviço”. Algo que, reconhece Luis d’Eça Pinheiro, ”poderá vir a acontecer no futuro, mas para já não há qualquer cobrança”.

Gostaste da ideia? A Via Verde Planner está disponível para Android e iOS.

Sabe responder a esta?
Qual a potência anunciada para o elétrico Schaeffler 4ePerformance?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Schaeffler 4ePerformance é um Audi RS3 com 1200 cv… elétrico

Mais artigos em Notícias