Motores

Os 15 melhores motores da década de 90

Reunimos o que consideramos ser os 15 melhores motores da década de 90, a última do séc. XX — alguns deles ainda hoje são considerados referenciais.

Um carro não faz o motor, mas o motor pode fazer o carro. Podem não concordar, mas é como as coisas são. E os 15 melhores motores — pelo menos os que escolhemos — marcaram definitivamente e eternamente os automóveis que foram equipados com eles. Eram grande parte da sua razão de ser, da sua atração.

O que seria do Honda S2000 sem o seu quatro cilindros atmosférico capaz de fazer 9000 rpm? Ou do Impreza sem um Boxer? E é preciso referir as letras 2JZ-GTE?

A década de 90 merece ser recordada por todos os motivos e mais alguns, mas hoje, relembremos os motores que consideramos terem sido os pináculos da década. Uma década onde se começou a levar o controlo de emissões muito mais a sério e a eletrónica invadiu definitivamente os motores. Mas também, uma década onde a sobrealimentação ainda era apenas sinónimo de pura performance e o motor naturalmente aspirado atingia níveis de execução exímios.

Estes exemplares são pura joalharia mecânica, normalmente associadas a máquinas também elas especiais — é o que acontece quando soltamos as amarras aos engenheiros. Destaca-se a variedade de soluções: de quatro a 12 cilindros, atmosférico e turbo, e três nacionalidades — japoneses, alemães e italianos.

RELACIONADO: TOP 10. Os melhores motores japoneses de todos os tempos

Poderíamos estender a lista a mais motores, mas um limite tinha de ser estabelecido. O que significou deixar exemplares fantásticos de fora — como alguns V12 italianos ou V8 americanos —, mas no final, estes 15 selecionados resumem a qualidade e diversidade do que marcou a última década do século XX.

Tens outras sugestões? Deixa nos comentários.

RELACIONADO: TOP 15. Os melhores motores alemães de todos os tempos

Sabes responder a esta?
O motor BMW S70/2 equipou que automóvel?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Como novo? McLaren F1 com 20 anos e apenas 239 km está à venda.

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos