Submarino

Projeto Neptuno é o submarino de luxo da Aston Martin

Depois das bicicletas, motos e barcos, a Aston Martin acaba de dar a conhecer uma nova área de negócio: os submarinos. A demonstrá-lo, o Projeto Neptuno, que já está a produzir em conjunto com a Triton Submarines.

O projeto, que tem vindo a ser desenvolvido pelas duas companhias e a que foi dado o nome de Projeto Neptuno (Project Neptune), visa a concepção de um submersível de propulsão elétrica, do qual serão feitos apenas algumas unidades, e cuja produção acaba de ter início.

Com a apresentação oficial da versão final do Projeto Neptuno agendada apenas lá mais para o final do ano, as informações até agora divulgadas revelam que os dois fabricantes têm vindo a fazer melhoramentos no design exterior, hidrodinâmica e interior, face àquilo que são os esboços já conhecidos.

Embora continuando a anunciar uma capacidade máxima de mergulho de até 500 metros, a Aston Martin e a Triton Submarines terão conseguido aumentar a velocidade máxima do submersível, graças a um aumento da potência do sistema de propulsão, a uma diminuição da área frontal e a um aumento da eficiência hidrodinâmica, dos iniciais 6,4 km/h, para os 9,2 km/h — cerca de 5 nós.

Recorde-se que as informações inicialmente divulgadas referiam que o Projeto Neptuno contaria com um pack de baterias de 30 kWh, capaz de garantir uma autonomia para 12 horas de utilização, para um conjunto com um peso total de quatro toneladas.

Interior luxuoso e personalizável

Já no interior do habitáculo, o submarino está concebido para transportar dois passageiros e um piloto, com todo o luxo e conforto — existem um total de três Designer Specifications, criadas pela equipa de design da Aston Martin, e centradas na cor e revestimentos.

Aston Martin Project One 2018

De resto, o projeto contempla igualmente a possibilidade de personalização, através do recurso ao departamento de pedidos especiais da Aston Martin, Q by Aston Martin, e que está apto a garantir luxos como, por exemplo, o ar condicionado.

O interior do Projeto Neptuno é genuinamente Aston Martin — uma mistura luxuosa de revestimentos em pele com costuras feitas à mão e fibra de carbono de alta performance, conjugados sem, no entanto, obstruir a visão panorâmica pela qual os submarinos Triton são conhecidos

John Ramsay, Diretor Técnico na Triton Submarines

Preço: 2,7 milhões de euros

Com um preço já divulgado de cerca de 2,7 milhões de euros, o Projeto Neptuno surge assim como o complemento ideal para os fãs indefectíveis da Aston Martin que já estejam a pensar comprar uma unidade daquele que é outro dos projetos invulgares do fabricante britânica de desportivos de luxo: a lancha rápida AM37S Speedboat. Basicamente, uma evolução do projeto AM37 apresentado em 2015, e que, em conjunto com o Neptuno, assegura viagens em total conforto e luxo, tanto por cima, como por baixo da linha de água.

AM37S Speedboat
Sabes responder a esta?
Em que ano deu a Rolls-Royce início ao projecto Cullinan?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Rolls-Royce Cullinan será desvendado no dia 10 de maio

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos