Arranque a Frio

Citroën Méhari. O descapotável de plástico e “fora da caixa”

Foi um carro único, construído com base na plataforma do Citroën 2CV, mas com muito mais plástico. Era o Citroën Méhari, um descapotável democrático e “fora da caixa”; inclusive, na publicidade feita em Portugal!

Concebido pela SEAB, empresa especializada na moldagem de plástico, o Citroën Méhari terá sido, muito provavelmente, um dos mais versáteis e invulgares — até pela construção, quase totalmente em plástico e lavável com água(!) — descapotáveis de que há memória. Sendo que, apesar da fragilidade aparente, era também extremamente resistente, inclusive, na mecânica — importada diretamente do Citroën 2CV.

Produzido pela Citroën ao longo de duas décadas, de 1968 a 1988, teve, inclusivamente, direito, numa segunda geração, a versão 4×4. A qual, surpreendendo pelas qualidades no todo-o-terreno, chegou mesmo a desempenhar as funções de viatura médica, no Rali Paris Dakar de 1980.

O Arranque a Frio de hoje é a nossa homenagem a um dos descapotáveis mais democráticos e despretensiosos de que há memória.

RELACIONADO: Citroën Mehari celebra 50 primaveras com um e-Mehari ‘Art Car’

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 9h00 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Honda Integra Type R, no Japão?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O melhor tração dianteira de sempre à venda! Mas quase 38 mil euros?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos