Antevisão

Tesla Model Y inicia produção em novembro de 2019

Apesar dos conhecidos problemas em elevar a produção do Model 3, a Tesla mantém-se irredutível no seu calendário. O Tesla Model Y, o crossover com base no Model 3, já tem data para início de produção.

O calendário da Tesla é, no mínimo, ambicioso. Ainda não conseguiu resolver o “inferno na produção” do Model 3, e em simultâneo, tem em desenvolvimento o Semi (camião), prepara uma nova geração do Roadster, e agora, de acordo com a Reuters, em 18 meses veremos o Tesla Model Y chegar à linha de produção.

O Tesla Model Y estará para o Model 3 como o Model X está para o Model S. Ou seja, trata-se de um crossover com base no Model 3, já anunciado no passado. A data avançada pela agência noticiosa britânica, novembro de 2019, para o início de produção do novo modelo, foi avançada por duas fontes relacionadas com a cadeia de fornecedores, que receberam pedido da Tesla para proposta de contratos de fornecimento.

Apesar da informação por parte da Tesla ser escassa em pormenores, ficou-se também a saber que o Model Y será produzido na sua fábrica em Fremont, Califórnia. Em fevereiro passado, Elon Musk, o CEO da Tesla, referindo-se ao Model Y, conta com o modelo para conseguir atingir o objetivo de produzir um milhão de Tesla por ano.

Tesla Model 3
O Model Y derivará da base do Model 3.

500 mil Tesla Model Y por ano

Tal como o Model 3, o objetivo deverá andar à volta das 500 mil unidades anuais. Mas considerando como esse objetivo parece ainda estar tão longe no próprio Model 3, como é que esperam o atingir no crossover?

Naturalmente, valiosas lições foram e estão a ser aprendidas no escalar da produção do Model 3. Considerando que o Model Y derivará da mesma base, muitos dos problemas que afetaram e ainda afetam a linha de produção já estarão resolvidos.

Também o Model Y integrará novas soluções técnicas e de design que permitirão aumentar os níveis de automação da linha de produção. Uma das mais faladas é a supressão do “velho” sistema elétrico de 12 V e da bateria de chumbo-ácido. Esta opção permitirá reduzir de forma substancial a cablagem — o Model 3 tem 1,5 km de fios, estimando-se apenas 100 m para o Model Y —, o que simplificará o processo de produção.

Conquistar a China

Além da produção na sua fábrica em Fremont, o Model Y também será produzido na China, prevendo-se que tal aconteça a partir de 2021. Será produzido em menores quantidades, mas é essencial para conseguir um preço competitivo relativamente a outras propostas produzidas localmente.

Declarações de Elon Musk revelaram que, apesar de não haver uma data definida, três anos é o prazo previsto para que a sua primeira fábrica internacional esteja pronta a operar, e deverá produzir tanto o Model 3 como o Model Y. Não só servirá o mercado chinês, como poderá servir outros mercados na região.

Sabes responder a esta?
Qual nome dado ao centésimo e último Pagani Huayra Coupe a ser produzido?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Pagani Huayra Coupé despede-se com “Il Ultimo”

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos