Falta um componente

Tesla Model 3 atrasado devido a problemas na Alemanha

Segundo Elon Musk, os problemas de produção do Model 3 têm origem não na Gigafactory, mas numa subsidiária alemã da Tesla.

Numa altura em que todos os prazos já foram ultrapassados e que a produção do novo Tesla Model 3 continua sem entrar nos eixos, Elon Musk, o fundador e dono da marca automóvel norte-americana, veio garantir que, afinal e ao contrário do que tem sido veiculado, a culpa não é da Tesla, mas de uma outra empresa. Também ela propriedade de Musk, é certo, mas sedeada na Alemanha.

A revelação foi feita pelo magnata, durante uma vídeo-conferência, em que o CEO do Tesla revelou que o problema está num novo sistema automatizado, desenhado pelos engenheiros da marca norte-americana, para integração no módulo de produção existente na Gigafactory, localizada no estado norte-americano do Nevada.

Ainda segundo o mesmo responsável, o fabrico deste novo sistema terá sido entregue à Grohmann, empresa alemã que hoje em dia já pertence ao universo Tesla, a qual, no entanto, ainda não conseguiu fazer chegar o equipamento aos EUA.

O equipamento vai ter de ser desmontado, trazido para a Gigafactory, montado no local onde vai desempenhar a sua função e, então, colocado em funcionamento. Não se trata de uma questão de saber se funciona ou não. É apenas e só uma questão de desmontagem, transporte e montagem.

Elon Musk, CEO da Tesla

Tesla Model 3: Objetivo 5000 carros por semana ainda distante

Uma vez nos EUA e operacional, a Tesla deverá conseguir suplantar as limitações que tem sentido na sua fábrica de Fremont, na Califórnia, avança a Autonews Europe. Podendo, a partir daí, trabalhar em prol do objetivo declarado que passa por atingir uma produção de 5 000 unidades do Model 3 por semana, até ao final de junho.

Tesla Model 3

Neste momento e sem poder contar com o tão desejado equipamento, a Tesla fixou como objetivo, chegar ao final de março, a produzir um total de 2500 Model 3 por semana. Algo que, ainda assim “deixará os investidores ainda mais desapontados e as preocupações ainda mais presentes”, avisa o analista da Evercore ISI, George Galliers.

Sabes responder a esta?
Em que ano começa a Fiat a trabalhar os motores Diesel?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Fiat. A marca que «inventou» os motores Diesel modernos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos