Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mercado

SEAT alcança maior lucro operacional da sua história em 2017

É a melhor fase da história da marca espanhola. Os resultados económicos relativos a 2017 são espelho deste bom momento de forma, ano em que a SEAT registou o maior lucro operacional da sua história: 191 milhões de euros.

Trinta e dois anos depois de ter sido adquirida pelo Grupo Volkswagen, a SEAT soma e segue. A marca espanhola acaba de divulgar uma subida de 24,8% do seu lucro operacional face a 2016. O volume de negócios de 9.892 milhões de euros também subiu, um acréscimo de 11,2% face aos 8.894 milhões de euros registados em 2016.

Depois de, em 2016, os lucros operacionais do fabricante de Martorell terem terminado nos 153 milhões de euros, a SEAT conseguiu, no ano transato, não só aumentar o número de vendas, como também das margens. Como? Através de um novo posicionamento da marca, com uma forte aposta no design e no equipamento, e que se traduziu na venda de viaturas com preços mais elevados.

De resto, o fabricante entregou também em 2017, mais 14,6% de veículos que no ano anterior, ou seja, um total de 468.400 viaturas. Número que é também o melhor de sempre, desde 2001, e que inclusivamente faz da SEAT uma das marcas com maior crescimento na Europa.

SEAT Ateca
O SEAT Ateca foi um dos principais responsáveis pelo impulsionar das vendas da marca espanhola em 2017

Todas as pessoas que fazem parte da equipa SEAT devem estar orgulhosas por estes resultados. 2017 foi um ano de aceleração nas vendas e no volume de negócios e isso traduziu-se num sólido crescimento do lucro operacional. Estamos muito contentes por termos obtido os melhores resultados da história da companhia, mas, simultaneamente, pretendemos continuar a ampliar o nosso negócio de forma assinalável

Luca de Meo, Presidente da SEAT

Empregados da SEAT também ganham

Graças a este aumento nos lucros, o construtor promete ainda e pelo segundo ano consecutivo, dando cumprimento ao estipulado no acordo colectivo de trabalho, distribuir 700 euros brutos de lucros por cada funcionário, ou seja, quase mais 50% do que a soma atribuída em 2017 — 480 euros.

A marca espanhola começa ainda o ano de 2018 com outra novidade. O lançamento da nova marca CUPRA.

 

Sabe responder a esta?
Quantos Lamborghini Huracán foram já produzidos?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lamborghini Huracán n.º 10 000 produzido. Já se discute o sucessor

Mais artigos em Notícias