Salão de Genebra 2018

Mazda6 Wagon evolui com melhores interiores, tecnologia e desempenho

Destaque principal no stand do construtor de Hiroshima em Genebra, a Mazda6 Wagon foi oficialmente apresentada no salão automóvel suíço deste ano em estreia Mundial.

Depois do desvendar do sedan no Salão Automóvel de Los Angeles de 2017, a Mazda apresentou-se, agora, no primeiro grande salão do ano em solo europeu, com a Mazda6 Wagon em versão renovada. Ainda que com mais alterações ao nível do interior e do equipamento, que propriamente no exterior ou em termos técnicos.

Protagonista de uma apresentação que é também estreia mundial, a nova carrinha Mazda6 Wagon estreia, a nível exterior, uma nova grelha, detalhes cromados e novos faróis LED, ao passo que, no interior as alterações são ainda mais percetíveis. Desde logo no painel de instrumentos, mais sóbrio, e que surge acompanhado de alavanca da caixa de velocidades e bancos igualmente reformulados.

Já no domínio do equipamento, um acréscimo de tecnologia, fruto da introdução do novo sistema de segurança e assistência à condução i-ACTIVESENSE, que inclui uma câmara de 360º, além de um novo sistema de info-entretenimento com ecrã tátil de oito polegadas e um ecrã TFT de 7 polegadas que, sendo opcional, pode fazer parte do painel de instrumentos.

Mazda 6 Wagon Genebra 2018
RELACIONADO: Conhece as cinco surpresas que a Mazda tem reservadas para Genebra

Dinâmica de condução

Relativamente à dinâmica de condução, melhorias prometidas em virtude de um chassis e suspensão otimizados, aerodinâmica mais eficaz e baixos níveis de NVH (Ruído, Vibrações e Aspereza).

Finalmente e no que a motores diz respeito, os mesmos blocos, embora atualizados, a prometer maior binário a baixa rotação e uma otimização da resposta à ação sobre o pedal do acelerador.

Mazda 6 Wagon Genebra 2018

No caso do SKYACTIV-G 2.0 a gasolina, promessas, igualmente, de consumos mais baixos, entre os 6,1 e 6,6 l/100 km, com emissões de CO2 a variarem entre os 139 e as 150 g/km.

Já o motor SKYACTIV-D 2.2, maiores alterações na configuração e componentes, com a introdução, entre outros, de novas válvulas de escape, novo turbo de duas fases, sistema de Redução Catalítica Seletiva, um novo sistema DE Boost Control e combustão Rápida Multi-Patamar. Tecnologias que garantem consumos mais baixos, entre os 4,4 e os 5,4 l/100 km, a par de emissões de CO2 entre os 117 e os 142 g/km.

A NÃO PERDER: Todas as novidades do Salão de Genebra 2018 de A a Z

Subscreve o nosso canal de YouTube, e acompanha os vídeos com as novidades, e o melhor do Salão de Genebra 2018.

Sabes responder a esta?
Onde é que foi desenhado o novo Seat Arona?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

SEAT Arona. Os segredos da tecnologia em movimento

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos