Desporto automóvel

E TCR. O campeonato para carros de turismo 100% elétricos já em 2019

A eletrificação do automóvel é já uma realidade e não chega apenas ao nosso dia-a-dia, chega também ao desporto automóvel, neste caso com o E TCR.

Depois da Fórmula E, é agora a vez do campeonato de carros de turismo receber uma “variante” para carros 100% elétricos. E TCR series é o primeiro campeonato de Turismos elétricos e fará as suas ações promocionais durante o ano de 2018, antes de se lançar como nova categoria em 2019.

O CUPRA e-Racer, que conhecemos no último Salão de Genebra, é o primeiro Turismo capaz de cumprir os requisitos de participação no novo E TCR. Os motores estão no eixo traseiro e debitam até 500 kW (680 CV), isto é, 242 kW (330 CV) acima da potência habitual no CUPRA TCR na versão a gasolina, além de incluir a capacidade de recuperação de energia. Em relação ao CUPRA TCR de motor térmico, o e-Racer pesa mais 400 quilos, mas mantém umas excelentes prestações, com uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e 8,2 segundos entre os 0 e os 200 km/h.

Apostamos no E TCR porque estamos convencidos de que o futuro da competição passará pelos motores elétricos. Da mesma forma que o SEAT Leon Cup Racer delineou as bases técnicas do campeonato TCR, mais uma vez desbravámos o caminho desta nova experiência

Matthias Rabe, Vice-presidente para a Investigação e Desenvolvimento da SEAT
CUPRA e-Racer
A frente agressiva, com os pormenores em dourado da nova marca CUPRA, e assinatura LED.

O Vice-presidente para a Investigação e Desenvolvimento da SEAT convida ainda “os restantes fabricantes a juntarem-se a nós nesta apaixonante aventura.”

Ao longo do ano de 2018 veremos o CUPRA e-Racer em alguns eventos do TCR, o que permitirá avaliar o potencial de comparação direta com os carros de competição a gasolina do TCR. O objetivo é o de afinar o melhor possível o e-Racer, de forma a convertê-lo num carro muito competitivo no momento do arranque do campeonato E TCR, agendado para 2019.

A confirmar-se, marca CUPRA continua assim o legado da SEAT no automobilismo, que tem mais de 40 anos, demonstrando assim a sua visão para o futuro.

Sabes responder a esta?
Qual o número de cilindros do 2.3 EcoBoost do Ford Mustang?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Mustang 2.3 Ecoboost. É preciso ser perfeito?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos