Coleção

Jon Hunt. O homem que coleciona Ferraris à escala real

A história é interessante, já que Jon Hunt não só tem uma invejável coleção Ferrari, como faz questão de conduzir cada um deles ao limite.

A história de Jon Hunt, um empreendedor do setor imobiliário, não é apenas de um apaixonado pela marca do cavalinho rampante. O britânico coleciona os mais emblemáticos modelos da marca de Maranello, mas faz questão de conduzir cada um deles ao limite.

Não é caso raro. Diz-se que os autênticos apaixonados da marca não se limitam a esconder a sua coleção numa garagem, mas a conduzi-los sempre que podem, tirando o máximo prazer de condução dos modelos.

O britânico tem atualmente na sua coleção modelos como o mítico F40, o emblemático Enzo ou o inconfundível La Ferrari.

Mas a história não é apenas de um colecionador de Ferraris que faz questão de andar em cada um deles.

RELACIONADO: Queres autenticar o teu Ferrari clássico? Já não tens de ir até Itália

O seu primeiro Ferrari foi um 456 GT V12 com motor dianteiro. Porquê? Porque já na altura tinha quatro filhos, e com este modelo conseguia andar com dois de cada vez na parte de trás.

Mais tarde trocou o 456 GT por um 275 GTB/4, com uma particularidade. Comprou-o às peças. Demorou três anos a montá-lo. Foi adquirindo alguns outros, como um raro Ferrari 410, um 250 GT Tour de France, um 250 GT SWB Competizione e um 250 GTO.

Se queremos um carro desportivo, tem de ser um Ferrari

Jon Hunt

Contudo, e uma vez que a sua coleção Ferrari era dedicada essencialmente a modelos clássicos da casa de Maranello, o britânico chegou à conclusão que não conseguia tirar partido dos modelos nem usá-los em viagens longas com a família. Resultado? Vendeu toda a sua coleção! Sim, toda!

Uma nova coleção

Sabem melhor que eu, que é inevitável. Quando o “bichinho” está lá, dificilmente o conseguimos manter afastado. Pouco tempo depois, Jon e os seus filhos começaram uma nova coleção Ferrari com um único requisito. Apenas Ferraris de estrada, que se pudessem conduzir em longas viagens.

Neste momento o britânico não sabe ao certo quantos modelos tem na sua coleção, calculando que sejam perto de 30 unidades.

Para Hunt não faz sentido ter um Ferrari, seja ele qual for, se não for para conduzi-lo. Prova disso são os 100 mil kms percorridos que marca o seu F40, ou os 60 mil kms feitos com o Enzo, em que uma das viagens foi de 2500 kms, com paragens apenas para atestar.

Objetivos futuros

São dois os objetivos de Hunt. O primeiro é atingir as 40 unidades Ferrari. O segundo é conseguir um Ferrari F50 GT, uma derivação do F50 com 760 cv, concebido para os campeonatos de resistência, um rival para máquinas como o McLaren F1 GTR, mas que nunca chegou a correr. O motivo de ainda não ter um na sua garagem? Só existem três no mundo inteiro!

Numa visita a Maranello, Jon Hunt fala de alguns dos modelos da marca que o conquistou e da sua coleção Ferrari:

Sabes responder a esta?
Qual o modelo da Ferrari batido pelo Range Rover Sport SVR a subir a montanha de Tianmen, na China?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Range Rover Sport SVR bate recorde de Ferrari 458 Italia

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos