Apresentação

BMW X4. Segunda geração do modelo a caminho de Genebra

Tal como esperado é desvendado agora a segunda geração do BMW X4. Maior, com mais equipamentos tecnológicos e de conforto e gama completa de motores.

Variante mais emocionante do best-seller X3, o BMW X4 acaba de dar-se a conhecer ainda antes da sua apresentação oficial ao público, no próximo Salão Automóvel de Genebra, agendado para março, com promessas de maior maturidade.

Traduzida num aumento das dimensões, num enriquecimento do equipamento e soluções tecnológicas, além de num reforço das motorizações. O problema, acredita, será mesmo diferenciá-lo da geração ainda em comercialização!

Na verdade, essa será mesmo a principal crítica a apontar ao novo X4 agora apresentado: as poucas alterações registadas na estética exterior, a qual, exceptuando a grelha frontal mais larga (e com sistema de aletas activas), as óticas bi-LED de série, e os faróis de nevoeiro redesenhados, pouco mais tem de novo a assinalar. A não ser, talvez e já na traseira, os farolins com iluminação 3D full-LED e as ponteiras de escape, ambos redesenhadas. Ou, já agora, as quatro novas cores exteriores.

Novo BMW X4 maior nas dimensões e melhor na aerodinâmica

Mas se a estética exterior pouco revela do facto de se tratar de uma nova geração, as dimensões dizem o contrário: mais comprimento (+76 mm), distância entre eixos (+53 mm) e largura (+35 mm), e menor altura (-2 mm). Crescimento que se nota, nomeadamente, nos lugares traseiros, onde os passageiros ganharam mais 24 mm para as pernas. Ou ainda na bagageira, cuja capacidade é agora de 525 litros, sem necessidade de rebater 40:20:40 as costas dos bancos traseiros.

 

BMW X4 xDrive M40d

De resto e fruto também da introdução de um pára-brisas acústico para maior conforto no interior, o novo X4 anuncia ainda um coeficiente de aerodinâmica melhorado em 10% (Cx 0,30), uma distribuição de pesos a roçar a perfeição (50:50) e uma redução no peso de até 50 kg.

Interior renovado e com mais tecnologia

Regressando ao interior do habitáculo, destaque para a presença, de série, de um novo painel de instrumentos de 12″ com tecnologia Black Panel e um novo interface de 10,25 polegadas com sistema tátil e de acionamento por gestos ou voz, parte do sistema de infoentretenimento, a par de um novo volante multifunções e espaço de arrumação de maiores dimensões na base da consola central. Sendo que, como opcionais, destaque para a possibilidade de inclusão de um Head-Up Display a cores, um ar condicionado de três zonas e uma iluminação ambiente mais visível.

BMW X4 2018

Disponível com três níveis de equipamento — xLine, M Sport e M Sport X —, o novo BMW X4 surge também com um equipamento de segurança e ajuda à condução reforçado, do qual fazem parte elementos como o alerta de colisão frontal, travagem autónoma de emergência e detecção de peões. Sendo que, para aqueles que pretendam um ambiente ainda mais luminoso, existe a possibilidade de inclusão de um teto panorâmico.

RELACIONADO: BMW X4 M40i: ao volante de um tenor halterofilista com 360 cv

Já em prol da estética exterior e interior, aplicações metalizadas Glacier Silver à frente e atrás, além de molduras em alumínio acetinado em redor das janelas. Ao passo que, no habitáculo, revestimento em madeira Dark Oak e cromados podem igualmente fazer parte do pacote.

No caso das versões M Performance, aplicações em preto brilhante nas saias laterais e nos aventais dianteiro e traseiro, assim como uns bancos desportivos, procuram marcar a diferença.

BMW X4 2018

Seis motores disponíveis

Falando de motorizações, a BMW anuncia para este novo X4 três motores a gasolina e três a Diesel. A gasolina temos o motor 2.0 turbo com potências de 184 cv (X4 xDrive20i) e 252 cv (X4 xDrive30i) e o seis cilindros em linha de 3.0 litros, turbo com 360 cv que equipa o BMW X4 M40i

Do lado dos Diesel temos, igualmente, um 2.0 com potências de 190 cv (X4 xDrive20d) e 231 cv (X4 xDrive25d), encimado pelo BMW X4 M40d com bloco de seis cilindros em linha, 3.0 litros e 326 cv.

Comum a todos eles é estarem disponíveis apenas e só com caixa automática Steptronic de oito velocidades e transmissão integral inteligente xDrive.

Igualmente com o objetivo de proporcionar um maior prazer e envolvimento na condução, tecnologias como o Variable Sport Steering, o Performance Control e, cortesia da M, a suspensão adaptativa, o diferencial desportivo e os travões igualmente desportivos, tudo ‘M’.

Preços? Só mais tarde…

Com apresentação oficial ao público agendada já para o próximo Salão Automóvel de Genebra, em março, do novo BMW X4 fica, assim e praticamente, apenas por conhecer, os preços.

Sabes responder a esta?
Quantas unidades foram produzidas do Ford Focus RS Heritage Edition?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Focus RS. O adeus com edição especial de 375 cv, mas só no Reino Unido

Mais artigos em Notícias