Arranque a frio

Não estão a ver mal. É mesmo um Volvo S4

Escolher um nome para um automóvel deve ser das tarefas mais complexas na indústria. Será um exagero? Veja-se o caso dos Volvo S40 e V40.

Não era suposto os Volvo S40 e V40 (apresentados em 1995) terem estas designações. Estes deviam estrear o novo sistema de nomenclaturas da marca, substituindo os três algarismos que identificavam os Volvos há décadas, por uma designação alfanumérica, composta por uma letra e apenas um algarismo.

Em vez de S40 e V40, os dois modelos deveriam ter nascido como S4 e F4perdão, F?! Sim, “F”. As carrinhas Volvo, atualmente impossíveis de serem desassociadas da letra “V”, deveriam ser identificadas pela letra “F”, de Flexibility (Flexibilidade), enquanto o “S”, que se manteve, provinha de Sedan ou Saloon, isto é, berlinas de três volumes e quatro portas.

Rapidamente a denominação ganhou objeção por parte da Audi. O S4 era o mais rápido dos Audi 100 e passaria a ser a variante desportiva do A4.  A Volvo viu-se obrigada a alterar a denominação, e simplesmente acrescentou um zero — S4 passaria a S40 e F4 passaria a… F40?! Hum… a Ferrari poderia ter algo a dizer sobre isso.

Volvo F4
A nova Volvo F4 — não passaria desta apresentação.

Solução? Trocar a letra “F” pela letra “V”, que se revelou igualmente apropriada — “V” de Versatility (Versatilidade). Finalmente, após uma introdução algo acidentada, os Volvo S40 e V40 estavam prontos para conquistarem o mercado.


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 9h00 da manhã. Enquanto bebes o teu café ou ganhas coragem para começar o dia, fica a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabes responder a esta?
O Polestar 1 é um automóvel…
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Polestar 1. Revelado o primeiro “AMG” da Volvo

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos