Mercado

Volkswagen vs Renault-Nissan-Mitsubishi. Afinal, qual é o maior grupo de 2017?

Depois da Volkswagen se ter afirmado como o maior grupo construtor automóvel a nível mundial, a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi diz que não é bem assim.

A Volkswagen foi o construtor com maior número de vendas mundiais em 2016, isto apesar do caso do Dieselgate que “rebentou” em 2015, e que continua a ter repercussões. Até aqui não existem quaisquer questões.

No entanto, quando a marca alemã afirma manter-se como o maior construtor automóvel em 2017, surgem as primeiras questões. A Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi contesta, afirmando-se como líder de vendas mundiais em 2017.

Maiores construtores mundiais, 2016
Maiores construtores mundiais, 2016

 

Para justificar estas afirmações por parte do diretor executivo da Aliança, Carlos Ghosn, está o facto da Volkswagen ter contabilizado as vendas dos seus camiões Scania e MAN.

A aliança Renault-Nissan, com mais de 10,6 milhões de veículos ligeiros e comerciais ligeiros vendidos em 2017, é o primeiro grupo automóvel a nível mundial.

Carlos Ghosn, diretor executivo Renault-Nissan
RELACIONADO: Volkswagen, Renault e Ford. As mais vendidas na Europa em 2017

As declarações de Ghosn surgem após a Volkswagen ter anunciado vendas de 10,74 milhões de veículos, incluindo 200 mil camiões, não contabilizados nas contas da Aliança franco-nipónica. O responsável máximo da Aliança refere ainda que as vendas alcançadas já inclui a Mitsubishi e também a AvtoVAZ (Lada).

 

Sabes responder a esta?
Qual a primeira marca a introduzir o start/stop em massa nos seus automóveis?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Sistema Start/Stop. Qual o impacto a longo prazo no motor do teu carro?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos