Vídeo

O que é que a BMW está a tentar fazer?

Desde que a BMW anunciou que o BMW M5 (F90) ia abdicar da tração traseira que as redes sociais se incendiaram. Haverá motivo para alarme?

O BMW M5 é uma referência incontornável no que toca a superberlinas. Podes ler mais aqui. Um modelo que chega agora à sua sexta geração (F90). Esta geração é também a primeira a contar com tração integral xDrive.

A tração integral xDrive, além de ser um dos aspetos mais destacados do M5 (F90) é também dos mais controversos. À semelhança da Mercedes-Benz, a BMW também optou por abandonar a tração traseira na sua berlina mais desportiva.

Tração integral. Então e o drift?

Para acalmar os ânimos dos puristas desanimados com a tração integral, aparentemente a BMW esta a tentar provar através de um vídeo que não há motivos para alarme. Para isso a marca colocou as duas gerações lado a lado numa “batalha” de drift.

A manobra que podemos antever no vídeo parece retirada dos reabastecimentos em pleno vôo praticados por alguns aviões militares.

A importância do drift

A manobra de drift, maioritariamente associada a veículos de tração traseira, não é sinónimo nem de segurança nem de eficácia. Portanto, nestes dois capítulos a nova geração deverá bater o anterior M5 «aos pontos». Então porquê esta necessidade de demonstrar as potencialidades do novo BMW M5 em drift?

Diversão. A resposta é diversão. Quem procura um BMW M5 procura sensações fortes. Quem é que não gosta de quebrar as regras de vez em quando? A little party never hurt anybody…

Entretanto a marca publicou outro vídeo onde é possível ver a destreza e precisão do novo M5:

Sabes responder a esta?
O novo BMW 745e PHEV deverá contar com que potência?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

BMW 745e PHEV promete mais potência e autonomia elétrica

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos