Antevisão

BMW X7. O maior SUV da marca já está em pré-produção

O BMW X7 iniciou a pré-produção nas instalações da marca nos EUA, ocasião para divulgar as primeiras imagens do enorme SUV.

As imagens oficiais divulgadas são diretamente da linha de montagem e também dos BMW X7 pré-produção, devidamente camuflados — tal como já tinha acontecido na apresentação inicial do X2. Para vermos o modelo final em toda a sua imensidão, teremos de aguardar mais ou menos um ano, com a BMW a anunciar a sua derradeira apresentação para o final de 2018.

O início da pré-produção do rival do Mercedes-Benz GLS e do Range Rover, marca o início de novo período de testes, onde enfrentará todo o tipo de condições extremas, para garantir que todos os problemas que possam surgir, não aconteçam nas mãos dos futuros proprietários do X7.

A produção do novo BMW X7 irá acontecer em Spartanburg, no estado da Carolina do Sul, nos EUA, onde já são produzidos maior parte da gama X da BMW. É atualmente a maior fábrica do grupo BMW no mundo, tendo alcançado em 2016 um recorde de 411 mil unidades produzidas — cerca de 70% desse volume é exportado para 140 países. Emprega mais de nove mil pessoas, com mais mil a serem contratadas até 2021.

Estamos orgulhosos em produzir o BMW X7 aqui em Spartanburg, a casa dos nossos modelos X. Este é um veículo muito especial e os nossos empregados estão ansiosos para mais um modelo da família X. Com o BMW X7, um total de cinco modelos X são exportados de Spartanburg para os quatro cantos do globo.

Knudt Flor, diretor da fábrica do BMW Group em Spartanburg

BMW X7, o que sabemos?

Sabemos que irá ter os maiores rins de sempre na BMW — não é a característica mais importante do novo SUV, mas será certamente a que mais se destacará. O X7 iPerformance, apresentado no último Salão de Frankfurt acaba por ser — receamos — uma visão muito próxima do produto final.

O nome indica-nos o seu posicionamento acima do X5. É maior que este em todas as direções, para dar espaço a uma terceira fila de bancos, subindo a lotação até sete passageiros. Será o equivalente ao Série 7 nos SUV da BMW, esperando-se, por isso, que herde deste toda a tecnologia e luxo.

Quanto a motorizações recorrerá aos seis cilindros em linha — a gasolina e gasóleo —, e V8 a gasolina que já conhecemos de outros BMW. Tal como o concept X7 iPerformance, também o X7 de produção incluirá uma variante híbrida do tipo plug-in.

A marca este ano já celebrou a venda de 100 mil automóveis eletrificados. Um número que crescerá nos próximos anos — até 2025 estão previstos 12 automóveis 100% elétricos e 14 híbridos plug-in.

O BMW X7 terá como principais mercados os EUA e a China, onde a apetência por estes gigantes é grande. A apresentação final decorrerá no final de 2018, com comercialização prevista no início de 2019.

RELACIONADO: O futuro do grupo BMW. O que esperar até 2025

 

Sabes responder a esta?
O novo BMW i8 Roadster é um desportivo…
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Finalmente! BMW i8 Roadster revelado.
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Finalmente! BMW i8 Roadster revelado.

Mais artigos em Notícias