Apresentação

Posição de condução central para o novo SCG 004S

A Scuderia Cameron Glickenhaus revela o seu segundo ato. O SCG 004S é um superdesportivo com posição de condução central e será muito mais acessível do que o SCG 003S.

A Scuderia Cameron Glickenhaus, construtor norte-americano, revelou o novo SCG 004S. Mais acessível do que o SCG 003S, é um novo superdesportivo com motor central traseiro, tração traseira e um possante V8 twin turbo. Mas o destaque é definitivamente os três lugares para ocupantes, com o do condutor ao centro, tal e qual o McLaren F1.

Não vai custar milhões

A grande diferença para o SCG 003S, o seu primeiro modelo, é o preço — relembramos que o SCG 003S fica acima dos dois milhões de euros. O SCG 004S será bastante mais acessível, com o preço base a ficar-se por uns mais “modestos” 340 mil euros e uns trocos (400 mil dólares). Continua a ser muito, é certo, mas bem mais próximo de máquinas como o McLaren 720S ou o Ford GT.

Este último parece ter servido de inspiração para o desenho do SCG 004S, já que recorre a uma solução semelhante na forma como os volumes dianteiro e traseiro se intersectam. E aqueles farolins traseiros? Parecem decalcados do Maserati 3200 GT. Apesar de tudo, não deixa de ter uma forte identidade.

Muito carbono, um V8 e… uma caixa manual

Tal como o SCG 003S, também o SCG 004S integra uma monocoque, chassis e carroçaria em fibra de carbono, anunciando um peso de apenas 1180 kg — dezenas de quilos mais baixo do que um Renault Clio RS. Um valor impressionante, considerando o coração desta máquina, situado por trás dos ocupantes.

O motor é um V8 com 5.0 litros de capacidade e dois turbos. Resultado: 659 cv e 720 Nm! Infelizmente, a Scuderia Cameron Glickenhaus não avançou com valores referentes a prestações, mas tantos cavalos e newton metro, e tão pouca massa para movimentar, devem garantir números de respeito.

O SCG 004S destaca-se também por acoplar o possante V8 a uma caixa manual de seis velocidades. Já são dois USP (Unique Selling Points ou características únicas do produto) do superdesportivo. A posição de condução central e uma caixa manual associada a este nível de performance são características impossíveis de encontrar na concorrência. No entanto, para os fãs dos circuitos que procuram poupar todos os décimos de segundo, existe a opção por uma caixa acionada por patilhas.

RELACIONADO: SCG 003 Stradale e Competizione finalmente revelados

Primeiras unidades em 18 meses

De acordo com a Scuderia Cameron Glickenhaus, as primeiras unidades serão entregues dentro de 18 meses. Estas serão denominadas de “The Founder’s Edition” e estarão limitadas a 25 unidades. Mas os planos são mais ambiciosos, já que o objetivo, após estas 25 unidades, é produzir cerca de 250 carros por ano, um número bastante superior às poucas dezenas do SCG 003.

Também veremos o SCG 004S a correr nas 24 horas de Nürburgring (talvez em 2019?), e estão previstas versões de competição para as categorias GT3 e GTE/GTLM. Para os eventuais interessados, já anunciámos um preço base de 340 mil euros, mas implica um depósito de 34 mil euros (40 mil dólares).

Scuderia Cameron Glickenhaus SCG 004S

Mais artigos em Notícias