Salão de Los Angeles

Queres perder cabelo de forma rápida? Compra um Corvette ZR1

Depois do coupé, eis que a Chevrolet dá a conhecer a versão descapotável do ZR1. Uma espécie de caminho rápido para a calvície, com adrenalina!

O Corvette mais rápido de sempre. Eis a forma como a Chevrolet deu a conhecer o novo Corvette ZR1, ainda com a carroçaria coupé. Sendo que, agora, decidiu juntar-lhe o argumento extra dos cabelos ao vento; ou, pelo menos, enquanto ainda os houver!

Corvette ZR1 Cabriolet

De seu nome completo Chevrolet Corvette ZR1 Convertible, a nova variante daquele que é também o Corvette mais potente de sempre, com tejadilho rígido mas amovível, acaba de ser apresentada no Salão Automóvel de Los Angeles, nos EUA. Prometendo, no entanto e pelo menos para já, pouco mais que uma estética de arrebatar, a par de um preço a condizer — mais concretamente, 123.995 dólares, ou seja, perto de 105 mil euros. Valor elevado, ainda que — não temos dúvidas — a valer todo e qualquer cêntimo nele empregue!

RELACIONADO: Corvette ZR1. O mais rápido e potente Corvette de sempre.

Ainda assim e numa altura em que as informações sobre este superdesportivo são quase nenhumas, a questão passa por saber de que forma é que a perda do tejadilho acaba por influenciar a eficácia e prestações daquele que é o “mais rápido Corvette de sempre” — não nos cansamos de o dizer!… Esquecendo desde já os potenciais prejuízos que o modelo possa causar, mesmo nas mais fartas cabeleiras!

Corvette ZR1 Convertible com os atributos do Coupé

Recorde-se que o Corvette ZR1 Convertible tem por base a variante coupé, na qual se destaca um V8 Supercharged de 6.2 litros, a debitar uns estrondosos 765 cv de potência, além de uns não menos fenomenais 969 Nm de binário.

Corvette ZR1 Cabriolet

Ajudado apenas pelas rodas traseiras, o único eixo a transmitir a potência ao alcatrão, que tanto pode estar ligado a uma caixa manual de sete velocidades, como a uma transmissão automática de oito relações, o Chevrolet Corvette ZR1 consegue, ainda assim, anunciar uma velocidade máxima de 338 km/h. Isto, sublinhe-se, com o pacote “Low Wing”, ou “Asa Baixa”, cujo maior benefício é garantir uma downforce aumentada em 70%. Ou seja, um máximo de 430 kg, descarregados sobre a traseira.

Por saber está também quando é que será possível ver um destes “aviões” na estrada, sendo que, pelo menos o Coupé, tem já data de lançamento mais ou menos agendada: a primavera de 2018. Nos EUA, entenda-se…

Sabes responder a esta?
O que é que significa ACC?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

ASC, DSC, ESC, TCS, DTC… sabes o que significam todas estas siglas?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos