Apresentação

BMW M3 CS. O mais “versátil” dos modelos CS da divisão M?

A BMW continua a expandir a sua gama desportiva da divisão M, e acaba de apresentar o novo BMW M3 CS. A receita parece perfeita. Mais potência, menos peso.

O sucesso do BMW M4 CS já deixava prever um segundo modelo nos mesmos moldes. Assim nos chega o BMW M3 CS. Tal como o seu irmão de apenas duas portas, o M3 CS é mais rápido, mais leve e limitado… não em velocidade, mas em número de unidades disponíveis. Apenas 1200 exemplares para todo o mundo.

O objetivo é criar um automóvel desportivo, mas com o luxo e sentido prático de uma berlina de quatro portas.

Para a parte do “automóvel desportivo”, o novo BMW M3 CS conta com o bloco 3.0 litros com seis cilindros em linha a debitar 460 cv de potência e aproximadamente 600 Nm de binário. Ao aumento de potência e binário face ao BMW M3 acrescenta-se uma redução de peso de quase 50 kg. Assim os 100 km/h são alcançados em apenas 3,7 segundos e a velocidade máxima (limitada) é de 280 km/h. Números muito semelhantes aos do BMW M4 CS.

BMW M3 CS — motor

Para lidar com tudo isto naturalmente que a divisão M da BMW equipou o M3 CS de alguns “pormenores” associados à performance, como foi o caso do sistema de escape desportivo com quatro saídas com flaps que atuam em função do modo de condução.

Naturalmente, está associada a caixa de dupla embraiagem da M com sete velocidades, que habitualmente equipa os modelos da divisão M, e aqui com um diferencial autoblocante eletrónico. A maior parte das alterações não são mais do que aquilo que está incluído no Competition Package, disponível para o M3, colocando o BMW M3 CS ainda melhor.

As jantes de liga leve do BMW M3 CS são inspiradas nas jantes utilizadas nos M4 de competição que correm no Campeonato de Turismo (DTM), com pneus Michelin Pilot Super Sport nas medidas 265/35 R19 na frente e 285/30 R20 atrás. O sistema de travagem carbo-cerâmico mantém-se disponível como opcional.

BMW M3 CS

A versão CS do M3 recebe ainda uma aparência ainda mais vincada e musculada, com o splitter frontal e spoiler traseiro em fibra de carbono.

RELACIONADO: BMW M de tração dianteira? Nunca.

É no entanto no interior que o BMW M3 CS mais se diferencia, e aqui fazemos mesmo uma vénia aos responsáveis da divisão M da BMW. Para além da designação CS, a Alcantara em tons cinza predomina em todo interior, com aplicações no volante – com costuras nas cores da divisão M, azul e vermelho -, consola, fole do travão de mão, entre outros, o botão de “Start” é vermelho e as baquets desportivas são também as do Competition Package.

Parece que esta versão especial e limitada do M3 vai chegar aos EUA em maio do próximo ano e ainda não há indicações de preços, embora se prevejam valores próximos dos do BMW M4 CS. Tal como este, também o M3 CS se prevê que não chegue a Portugal, por isso delicia-te com as imagens.

 

 

Mais artigos em Notícias