Antevisão

Scuderia Cameron Glickenhaus confirma novo projeto

Ainda não tem nome, mas a Scuderia Cameron Glickenhaus revela imagens de um novo e "mais acessível" modelo para o qual já aceita reservas.

Depois de ter conseguido a aprovação do estatuto de construtor de baixo volume, que permitirá à Scuderia Cameron Glickenhaus (SCG) produzir até 325 automóveis por ano nos EUA, a empresa revela agora um teaser do que poderá vir a ser o seu próximo modelo.

VÊ AQUI: Scuderia Cameron Glickenhaus já pode construir os seus carros nos EUA

Numa publicação na sua página do facebook, a SCG revela algumas informações sobre o modelo que irá custar cerca de 350 mil euros, valor bem mais “simpático” que o SCG 003S, que se aproxima quase dos 2 milhões de euros. Ao que tudo indica o modelo que ainda não tem nome será um carro muito leve, com chassis em fibra de carbono, e deverá ter uma configuração idêntica à do McLaren F1 e BP23, ou seja, com três lugares.

Scuderia Cameron Glickenhaus

A potência deverá rondar os 650 cv, com 720 Nm de binário e um peso aproximado de 1100 kg.  Sabe-se também que os clientes poderão optar por uma caixa manual de seis velocidades, ou uma transmissão automática com patilhas no volante.

As imagens não revelam ainda muito das linhas do modelo, mas a Motor Authority refere que o novo SCG deverá ser inspirado num velho concept do qual a SCG tem autorização para replicação.

O modelo será baseado num concept com mais de 25 anos

Não há mais nenhuma “dica” de qual o concept que estará por trás deste novo modelo. No entanto a SCG descarta já uma das hipóteses mais prováveis, que seria o concept Ferrari Modulo, adquirido à Pininfarina em 2014.

As três imagens reveladas sugerem um motor traseiro, e um estilo que vai do vintage ao moderno.

Encomendas disponíveis

Também não é claro para já, em que ponto estará o desenvolvimento deste novo projeto, mas a empresa tem respondido aos comentários da seguinte forma:

Já é possível de facto fazer reservas para o modelo que será construído nos Estados Unidos, e que terá homologação para a América.

A empresa revelou ainda que pretende fazer múltiplas versões de competição, e conforme pedido dos clientes, pedindo mesmo que os reais interessados numa versão de corrida ou de estrada a contactem. Estás à espera de quê?

 

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos