Desde 16.383 euros

Ao volante do novo Ford Fiesta. O melhor de sempre?

A Ford levou-nos até Córdoba, onde regressámos por um dia à Universidade para algumas aulas sobre o novo Ford Fiesta. O emblemático modelo foi totalmente renovado, deixando de ser apenas mais um, para passar a ser um dos melhores no segmento.

Em Córdoba, Espanha

As aulas de música, desenho e tendências de mercado serviram para conhecer melhor o desenvolvimento do novo Fiesta e foram essas que nos permitiram a graduação na Universidade de Loyola, em Córdoba. No final do dia, a aula prática serviu para conhecer de perto todas as novidades e conduzir o novo Ford em diversos tipos de estrada, mas já lá vamos…

ford fiesta

O modelo apresenta-se agora na sua oitava geração, (Portugal não conheceu a primeira, lançada em 1976, por motivos óbvios) e surge com uma nova personalidade. Desenhado do zero e com materiais mais nobres, apresenta um nível de vida a bordo superior. À semelhança de outras propostas do segmento, a Ford inovou, diferenciando-se e marcando uma posição, imprescindível atualmente.

Desde logo o novo Ford Fiesta é disponibilizado nas variantes de três e cinco portas, quando a maior parte da concorrência já se limita a esta última. Depois, e através de uma vasta gama de versões (Business, ST Line, Titanium e Vignale), a marca da oval preenche todos os sub-segmentos, sem esquecer o ST e o Active que chegam no decorrer do próximo ano e dos quais já vos damos mais algumas notas.

ford fiesta
Toda a gama Fiesta. Active, ST, Vignale e Titannium

Para além de um estilo jovem, moderno e apelativo, a qualidade de construção e materiais aumentou significativamente, o que é bem notório. A aderência em curva foi melhorada em 10% e as distâncias de travagem em 8%. É também o primeiro automóvel do segmento a receber cinco estrelas EuroNCAP com equipamento de origem.

No interior destaca-se a redução em quase 50% no número de botões presentes na consola central, tornando o ambiente mais “limpo”, intuitivo e fácil de operar. Existem ecrãs táteis flutuantes de alta definição, que podem ser de 4,2, 6,5 ou 8 polegadas. O teto de abrir panorâmico é também inédito no segmento.

 

Aula de desenho

Aqui foi-nos explicado que o novo Ford Fiesta apresenta um visual e personalidade únicos e distintos, com um novo carácter e novos padrões de qualidade. No Fiesta Vignale, o exclusivo padrão da grelha, os contornos das luzes de nevoeiro e os elementos decorativos na faixa lateral, contribuem para o aspeto luxuoso. No Titanium, destaca-se a adoção de uma barra cromada para um estilo mais requintado. Por sua vez, o Fiesta ST-Line tem um desenho mais arrojado e desportivo que lhe confere um estatuto de performance.

O novo Fiesta permite também uma ampla personalização de cores, como o Bohai Bay Mint ou Cobre Chrome no tejadilho e retrovisores exteriores, ou mesmo incluir o Vermelho Race ou o Azul Wave nos elementos decorativos interiores no tablier e nos painéis das portas.

Aula de música

Aqui percebemos o trabalho desenvolvido pelos engenheiros, que passaram um ano a ouvir mais de 5 000 músicas de forma a garantir que o novo sistema de som Premium da B&O Play tivesse a sonoridade perfeita independentemente do estilo de música. O novo sistema de áudio é composto por nove colunas e um subwoofer, e totaliza 675 watts de potência com uma qualidade inigualável no segmento.

Inclui um altifalante central de médias frequências no topo do tablier, integrando o logótipo B&O PLAY em alumínio e uma grelha de radiação de som de desenho exclusivo. A potência total é regulada por um Amplificador com Processador de Sinais Digital que controla a equalização e a mistura de áudio, incluindo o som surround. Quando combinado com o Pack Navegação Premium, que inclui o ar condicionado automático de duas zonas, o ecrã tátil de 8″ e o sistema de navegação, tem um custo de 966 euros. Quando em conjunto com o sistema de navegação apenas, o valor é de 762 euros.

Aula de tendências de mercado

Por fim, a conetividade é a tendência de mercado mais relevante – pelo menos até 2025 -, o que levou a Ford a equipar o novo Fiesta com o sistema de comunicação e entretenimento SYNC 3, compatível com Apple CarPlay e Android Auto™. Permite aos condutores controlar o áudio, a navegação e os smartphones conectados, utilizando comandos vocais simples. O ecrã tátil funciona de forma intuitiva e responde de forma rápida, com um posicionamento elevado que não obriga a desviar demasiado os olhos da estrada.

A personalização é também algo em que o Ford Fiesta aposta e que faz parte das tendências de mercado, com cores distintas para o teto e espelhos, e uma variedade de jantes de liga leve de 15″ até 18″ para a versão Vignale. Estão disponíveis até 20 mil variantes de equipamento para o novo Fiesta. O MyFord Dock permite aos utilizadores guardar, montar e carregar dispositivos móveis, tais como telefones e sistemas de navegação.

ford fiesta

Aula prática

A parte prática resultou na experiência de condução do novo Ford Fiesta em vários tipos de estrada, o que nos levou a ficar agradavelmente surpreendidos. O acerto de suspensão foi melhorado, conseguindo um melhor conforto e em simultâneo uma superior eficácia. Nas estradas de montanha nos arredores de Córdoba pudemos também comprovar a evolução na aderência em curva, onde o Fiesta demonstrou estar à altura dos melhores do segmento.

Em qualquer uma das versões que ensaiamos, 1.0 Ecoboost de 125 cv e 140 cv, a disponibilidade do motor é constante, o que torna a condução mais despachada. Os consumos é algo que deixaremos para um contacto mais aprofundado com o modelo. O volante tem boa pega, os bancos (na versão ST Line) têm bom apoio lateral e qualquer um deles pode ser aquecido. A agilidade é mesmo um ponto forte, independentemente da versão ou motor.

 

15 novos sistemas

O novo Fiesta é o primeiro Ford com o sistema de deteção de peões, capaz de evitar colisões à noite. Para além disso apresenta-se com o sistema de Assistência ao Estacionamento, com ativação dos travões para evitar embates a baixa velocidade ao estacionar em modo “mãos-livres”. Novidade também no modelo é o reconhecimento de sinais de trânsito e o sistema de máximos automáticos. Para completar a lista, controlo de velocidade adaptativo, limitador de velocidade, sistema de informação de ângulo morto, alerta de trânsito cruzado, alerta ao condutor, ajuda à manutenção da faixa de rodagem e aviso de colisão frontal, assistência ao arranque em subida, entre alguns outros.

Motores

Nas motorizações inclui-se o multi-premiado bloco Ford EcoBoost 1.0, a gasolina, com potências de 100 cv, 125 cv, e 140 cv, e um bloco 1.5 TDCi diesel com 85 ou 120 cv, o primeiro motor diesel de elevada potência do Fiesta. Para além da nova transmissão de seis velocidades, com tecnologia inovadora de redução da fricção, as versões Titanium e Vignale estão disponíveis com caixa automática de seis velocidades com patilhas no volante na motorização menos potente do 1.0 Ecoboost. O 1.1 Ti-VCT partilha a arquitectura de três cilindros com o motor 1.0 EcoBoost, e está associado a uma nova caixa manual de cinco velocidades, com versões de 70 cv e 85 cv, e substitui o anterior 1.25 litros.

 Fiesta ST: Mais um traquinas para infernizar a vida aos professores

fiesta st
Ford Fiesta ST

Chega durante o próximo ano, com um bloco 1.5 Turbo de três cilindros e 200cv. É o primeiro Fiesta a ser preparado pela divisão Ford Performance e também o primeiro Fiesta ST a dispor de Modos de Condução selecionáveis pelo condutor.

Fiesta Active: Para uma vida ativa

fiesta active
Ford Fiesta Active

A primeira versão crossover do Fiesta, combina uma aparência robusta ao estilo de um SUV, com maior distância ao solo, barras de tejadilho e proteções adicionais, sem esquecer a utilização prática de um hatchback e as capacidades dinâmicas típicas do Fiesta. Também chega durante o próximo ano.

Veredito

O novo Ford Fiesta deixa assim de ser apenas mais um, conseguindo até ser superior à referência do segmento em alguns pontos, como no preço. O Business com o motor 1.1 Ti-VCT de 70 cv custa 16 383 €, na versão três portas. Os ST-Line começam nos 18 282 € do 1.0 EcoBoost de 100 cv de três portas, até aos 22 031 € do 1.5 TDCi de 85 cv e cinco portas. Os Titanium e Vignale só estão disponíveis com cinco portas e começam nos 17 928 € do 1.1 Ti-VCT de 85 cv, até aos 24 928 € do Vignale 1.5 TDCi de 120 cv.


Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto

Os mais vistos

Pub