Apresentação

Subaru WRX STI Type RA. Mais leve, mais potente, mais radical

De uma só vez, a Subaru mostra-nos dois novos modelos que prometem deixar os adeptos da marca nipónica em êxtase : o WRX STI Type RA e o BRZ tS. E não... não há Subaru em Portugal.

O anúncio das novidades tinha sido feito na semana passada, depois de uma tentativa falhada de bater o recorde em Nürburgring para berlinas de quatro portas – culpem a mãe natureza

Para nos compensar, e como prometido é devido, a Subaru acabou de apresentar não um, mas sim dois modelos de produção limitada. O primeiro é o Subaru WRX STI Type RA. RA não de Razão Automóvel… mas sim de Record Attempt.

O recorde no “Inferno Verde” que pertence ao Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio acabou por não cair, mas isso não impediu a Subaru de apostar nesta versão de estrada com um conjunto de melhorias face ao WRX STI «normal». A começar pelo motor.

O bloco 2.5 boxer sobrealimentado debita agora mais 5 cv de potência, para se fixar nos 310 cv. Embora não tenham sido especificados, os níveis de binário deverão permanecer os mesmos – 393 Nm. Parece pouco, mas como bem sabemos, há muita potência para desbloquear neste motor.

A caixa manual de seis velocidades também foi revista, assim como o sistema de escape, a suspensão (com amortecedores Bilstein em ambos os eixos) e o sistema Vehicle Dynamics Control. Sem esquecer a reprogramação da centralina e as jantes BBS forjadas de 19 polegadas com pneus Yokohama 245/35R19. Mas a lista de upgrades não termina aqui.

Porque estamos a falar de um desportivo, a gestão do peso obrigou a Subaru a dizer adeus ao pneu suplente, e a optar por um teto e asa traseira em fibra de carbono. No final, a balança marca 1 535 kg.

Esteticamente, o Subaru WRX STI Type RA ganhou apontamentos em Cherry Blossom Red, a cor da STI, na parte inferior da grelha dianteira. No interior, não poderiam faltar os bancos da Recaro.

A lista completa de especificações será revelada dentro de meses, antes da chegada ao mercado, prevista para o primeiro trimestre do próximo ano. Uma coisa é certa: o Subaru WRX STI Type RA vai estar limitado a 500 unidades.

Subaru BRZ tS

O Subaru WRX STI Type RA não foi a única novidade apresentada hoje. Sim, é um BRZ com assinatura Subaru Tecnica International (STI), mas não é o BRZ STI mais pujante que todos esperávamos. O BRZ tS é enriquecido com um Performance Package, versão que será exclusiva do mercado americano.

A diferença mais óbvia – é difícil não reparar nela… – passa pela asa traseira em fibra de carbono, que promete melhorar os índices de downforce no eixo traseiro. Esta asa traseira pode ser ajustada manualmente e é complementada com outros apêndices na parte inferior do carro.

Outra novidade são as jantes de 18 polegadas, disponíveis pela primeira vez no BRZ, com travões Brembo e pneus Michelin Pilot Sport. Os amortecedores SACHS, o esquema de cores avermelhadas e os emblemas “tS” completam a lista de novidades. Em termos mecânicos nenhuma novidade. É uma pena…

Tal como o Subaru WRX STI Type RA, o BRZ tS está limitado às 500 unidades e será lançado no primeiro trimestre de 2018. Por cá, a marca não tem representação pelo que quem quiser uma destas máquinas terá de procurar lá fora.

Sabes responder a esta?
Qual vai ser a potência máxima do BMW M5 (F90)?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Já é oficial. Novo BMW M5 (F90) com 600 cv de potência

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos