Apresentação

Já conhecemos o novo Hyundai Kauai. Todos os detalhes

Estivemos em Milão para assistir à apresentação do novo Hyundai Kauai. Um modelo estratégico para as ambições da marca coreana na Europa.

Nos EUA, Kauai é o nome da mais velha e quarta maior ilha do arquipélago do Havai. Uma ilha que ficou internacionalmente famosa graças à saga Jurassic Park e King Kong (1976). Em Portugal, a história é outra. Kauai não é só o nome de uma ilha, é também o nome do mais recente SUV da Hyundai.

Um SUV que tal como a ilha que lhe emprestou o nome, promete «agitar as águas» de um segmento em ebulição. Ainda esta semana fomos à capital francesa conhecer o novo Citroën C3 Aircross, e dentro em breve ficaremos a conhecer o novo SEAT Arona.

É neste contexto que a Hyundai vai pela primeira vez «a jogo» no segmento dos SUV compactos. Sem receios. Até porque na história do 4º maior construtor mundial de automóveis, a palavra “SUV” é sinónimo de “sucesso de vendas”. Desde o lançamento do Santa Fe em 2001, a Hyundai já vendeu mais de 1.4 milhões de SUV’s só na Europa.

Se dúvidas houvesse sobre a importância do novo Kauai na gama Hyundai, as palavras de Thomas Schmidt, presidente executivo da Hyundai Motor Europe, são esclarecedoras.

“O novo Hyundai Kauai não é apenas mais um modelo na gama SUV da Hyundai – é um marco importante na nossa jornada para nos tornarmos a marca automóvel asiática número um na Europa até 2021″.

Uma dose de ousadia

Esteticamente, o Hyundai Kauai adopta uma linguagem jovem e expressiva, apostando na diferenciação para vingar num segmento ávido de soluções arrojadas. Na dianteira, a nova grelha em cascata da Hyundai concentra as atenções, ladeada pelos faróis duplos com luzes LED de circulação diurna posicionadas por cima dos faróis LED. O resultado prático é uma presença que transmite robustez e modernidade.

A carroçaria, com uma secção traseira curta e um aspeto volumoso, pode ser personalizada através de dez cores distintas, sempre com o tejadilho numa cor diferente.

Quero que os Hyundai sejam a expressão de uma paixão e este Kauai capta bem essa força emocional
Peter Schreyer, chefe de design da Hyundai

No interior, o Hyundai Kauai caracteriza-se por superfícies macias com apontamentos coloridos que transportam para o interior a irreverência das linhas exteriores, enquanto que os elementos a preto assumem um caráter mais robusto e sóbrio, transmitindo solidez. Tal como no exterior, é possível optar por diferentes combinações de cores.

A qualidade de montagem e dos materiais está em linha com aquilo que a marca já nos habituou, não ficando nada a dever à «escola alemã». Passando para os lugares traseiros, encontrámos mais espaço do que as dimensões exteriores deixam adivinhar. A bagageira também não desilude, fruto dos 361 litros de capacidade, extensível até aos 1.143 litros com os bancos traseiros rebatidos (60:40).

Tecnologia e conectividade

Ainda no habitáculo, o ecrã tátil “flutuante” de 8 polegadas presente no tablier, concentra em si todas as funcionalidades de navegação, entretenimento e conectividade. O Hyundai Kauai integra os habituais sistemas de conectividade Apple CarPlay e Android Auto. E pela primeira vez na Hyundai, está disponível um sistema head-up display (HUD) que projeta no nosso campo de visão as informações mais relevantes para a condução.

O novo SUV da Hyundai estreia também uma estação de carregamento sem fios para telemóveis, com uma pequena luz indicadora do estado de carga e um sistema de alerta para garantir que o telemóvel não fica esquecido dentro da viatura.

Hyundai Kauai

Como não poderia deixar de ser, o novo Kauai apresenta os mais recentes sistemas de segurança da marca: Travagem Autónoma de Emergência (AEB) com deteção de peões, Sistema de Manutenção à Faixa de Rodagem (LKAS) (de série), Sistema de Controlo Automático dos Máximos (HBA), Sistema de Alerta de Atenção do Condutor (DAA) (de série), Detetor de Ângulo Morto (BSD), Sistema de Alerta de Tráfego Transversal na Traseira (RCTA).

Motorizações Hyundai de última geração e tração integral

Em Portugal, o novo modelo vai estar disponível já em outubro com duas opções turbo a gasolina: o 1.0 T-GDi de 120 cv com transmissão manual de seis velocidades, e o 1.6 T-GDi de 177 cv com transmissão de dupla embraiagem de 7 velocidades (7DCT) e tração integral. Este sistema de tração integral assiste o condutor em qualquer situação com até 50% de binário nas rodas traseiras.

Quanto à oferta Diesel, a versão 1.6 litros (com caixa manual ou 7DCT) só chegará ao mercado nacional daqui a um ano (verão de 2018). Agora só nos resta aguardar pelo nosso primeiro ensaio dinâmico ao Hyundai Kauai, para confirmar se as boas impressões deixadas nesta apresentação estática se confirmarem em estrada.

Portugal, o nome “Kauai” e a importância do nosso mercado

Portugal, em termos de vendas, é um mercado pouco importante para as contas da maioria das marca de automóveis. Há cidades europeias que sozinhas vendem mais automóveis do que o nosso país inteiro. Dito isto, fiquei impressionado pelo compromisso da Hyundai relativamente à mudança de nome do Kauai para o nosso mercado.

Como sabem, o nome do Hyundai Kauai nos restantes mercados é Kona. A marca sul-coreana podia ter simplesmente alterado o nome do modelo e ponto final. Mas nesta apresentação revelou uma atenção extra… aquela que faz a diferença. Em mais de duas centenas de jornalistas, bloggers e convidados, a Hyundai teve o cuidado de preparar todo o material que cedeu à pequena comitiva portuguesa (pen’s, canetas e blocos de notas) com o nome Kauai.

Como disse um dia o famoso escritor belga, Georges Simenon, é “a partir de um pormenor qualquer, por vezes insignificante, que conseguimos descobrir grandes princípios”. Um escritor que era inseparável do seu cachimbo, mas esse é pormenor insignificante.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub