Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid. O próximo «rei do Nürburgring»?

A berlina alemã foi avistada no traçado do Nürburgring Nordschleife. Mais um episódio da rivalidade “Alemanha vs. Itália”.

Foi no início do mês passado que pudemos ver ao vivo e a cores o Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid, o Panamera mais potente de sempre. E, tal como esperado, não tardou muito até a berlina alemã fazer a sua estreia no Nürburgring.

Pela primeira vez na gama Panamera é um híbrido plug-in que assume o lugar cimeiro na hierarquia da marca.

O Panamera Turbo S E-Hybrid, que já está disponível em alguns mercados, foi avistado pela primeira vez no “Inferno Verde”. E claro, não escapou às objetivas dos fotógrafos no circuito:

Olhando para as especificações do Panamera Turbo S E-Hybrid, é expectável que a Porsche queira recuperar o recorde de berlina mais rápida no Nürburgring, perdido para o novo Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio.

Tempo a bater: 7 minutos e 32 segundos

Foi este o tempo conseguido pelo piloto de testes da Alfa Romeo, Fabio France, em setembro do ano passado. E se a ficha técnica do Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio já impressionava – 510 cv e 600 Nm extraídos de um motor V6 twin-turbo de 2.9 litros – o que dizer do Panamera Turbo S E-Hybrid…

A NÃO PERDER: Honda Civic Type R é o tração dianteira mais rápido no Nürburgring

Tal como o nome indica, o desportivo alemão casa um motor elétrico com um bloco V8 de 4.0 litros twin turbo. O resultado são 680 cv de potência combinada, disponível às 6000 rpm e 850 Nm de binário entre as 1400 rpm e as 5500 rpm, transmitidos às rodas através de uma caixa PDK de dupla embraiagem com oito velocidades.

As performances também não deixam margem para dúvidas: 3.4 segundos dos 0-100 km/h, apenas 7.6 segundos até aos 160 km/h, e 310 km/h de velocidade máxima. What are you waiting for, Porsche?

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos