McLaren 720S com painel de instrumentos retrátil

O Salão de Genebra é o palco da grande première do McLaren 720S, já daqui a poucos dias.

Continuam a «chover» teasers para a nova geração Super Series da McLaren. Depois de uma pequena amostra daquilo que o McLaren 720S é capaz em circuito, a marca britânica resolveu revelar as primeiras imagens do interior, onde se esconde uma das principais novidades do novo carro, que a McLaren batizou de Folding Driver Display.

No modo full display, o painel de instrumentos é composto por um ecrã LCD que exibe todas as informações, enquanto no modo slim display (ativado através de um pequeno botão) este ecrã esconde-se por baixo do tablier, mostrando apenas as informações essenciais num segundo ecrã, bastante mais pequeno e estreito:

“O Folding Driver Display é revolucionário no sentido em que permite escolher quer a informação exibida no ecrã quer a posição do painel de instrumentos, complementando assim as preferências do condutor”.

Mark Vinnels, diretor de desenvolvimento de produto da McLaren.

Além deste sistema, o McLaren 720S vai estar equipado com um ecrã de 8 polegadas na consola central, montado verticalmente, onde é possível controlar o sistema de navegação, climatização, entretenimento, etc.

A NÃO PERDER: McLaren e BMW novamente juntas

Embora não tenham sido reveladas as especificações oficiais, é quase certo que o novo McLaren 720S irá recorrer a um motor M840T com 720 cv de potência, mais 70 do que o 650S.

Para já, sabe-se que o desportivo será capaz de acelerar até aos 200 km/h em 7.8 segundos e travar novamente até aos 0 km/h nuns escassos 4.6 segundos. Já os tradicionais 0 aos 400 metros são cumpridos em apenas 10,3 segundos.

Conhece aqui todas as novidades previstas para o Salão de Genebra.

mclaren 720s

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos