Próximo Fiat 500 com motorização híbrida? Parece que sim

A adoção de uma unidade elétrica de 48 volts é uma das hipóteses que está “em cima da mesa”. A renovação do citadino poderá acontecer antes do final da década.

O Fiat 500 é um dos citadinos mais vendidos na Europa e em Portugal, isto apesar da sua base remontar ao ano de 2007. Como tal, não espanta que a nova geração do Fiat 500 tenha sido um dos assuntos abordados por Sergio Marchionne, à margem do Salão de Genebra.

A NÃO PERDER: Maggiora Grama 2: um Lancia Delta Integrale disfarçado de Fiat Punto

O big-boss do Grupo FCA falou sobre a inevitabilidade das motorizações híbridas e deu uma pista de como é que poderão ser adoptadas nos próximos modelos da marca, especificamente no Fiat 500.

“Produzimos um número bastante elevado de citadinos e utilitários, como o Panda e o Fiat 500. Colocar uma motorização híbrida num modelo deste segmento seria morte certa. Temos que encontrar outras soluções e por isso teremos de olhar para os sistemas de 48 volts de forma mais realista”.

A concretizar-se, esta solução deverá contribuir para reduzir os consumos e emissões da próxima geração do Fiat 500, que ainda não tem data de apresentação.

Imagens: Fiat 500 Coupé Zagato Concept

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos