Lexus LS 500h: um concentrado tecnológico, agora com motorização híbrida

A julgar pelas novidades neste início de ano, não vão faltar concorrentes para as berlinas de luxo alemãs. O novo Lexus LS 500h é um deles.

Tal como aconteceu em 2016 com a gama LC, a Lexus vai aproveitar os dois grandes salões automóveis no primeiro trimestre do ano (Detroit e Genebra) para apresentar uma nova gama de modelos LS. Depois de ter sido revelada a variante com motor de combustão – 3.5 litros biturbo capaz de desenvolver 421 cv e 600 Nm de binário máximo, em Genebra vai ser a vez da Lexus apresentar a variante híbrida.

Associar a performance a uma condução mais eficiente

Sobre a motorização híbrida, a Lexus prefere mantê-la no segredo dos deuses até ao certame helvético, mas é quase certo que o Lexus LS 500h vai adotar o sistema Híbrido Multi Stage: dois motores elétricos (um para carregar as baterias e outro para auxiliar o motor de combustão), um bloco V6 de 3.5 litros e uma caixa e-CVT secundada por uma caixa automática de 4 velocidades, tudo isto montado em sequência.

TESTADO: Já conduzimos o novo Lexus IS 300h em Portugal

A versão híbrida mantém as dimensões do modelo de série – 5 235 mm de comprimento, 1 450 mm de altura e 1 900 mm de largura – mas está mais próxima do solo – mais 41 mm e 30 mm na traseira e dianteira, respetivamente. De resto, em termos de design e tecnologia o Lexus LS 500h não deverá fugir muito das soluções adotadas na versão a gasolina.

A gama completa LS vai estar disponível ainda este ano, mas só deve chegar a Portugal no início de 2018. Mas antes, vai estar em exposição no Salão de Genebra, em março.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos