Já testámos o novo Lexus IS 300h em Portugal

O novo Lexus IS 300h acaba de chegar a Portugal com melhorias no design e na dinâmica de condução. Fomos conhecer os argumentos do novo híbrido nipónico.

Desde o lançamento da primeira geração do Lexus IS, em 1999, a marca nipónica vendeu cerca de 1 milhão de exemplares em todo o mundo, um sucesso que se refletiu particularmente em Portugal, onde o Lexus IS é o modelo mais vendido da marca. Por isso, foi com responsabilidades acrescidas que a Lexus apresentou em Portugal o renovado Lexus IS 300h, numa altura em que os primeiros exemplares começam a chegar aos concessionários nacionais. Fomos conhecer os argumentos do novo híbrido nipónico.

Design ainda mais marcante e interior refinado

Por fora, as novidades resumem-se aos novos grupos óticos com a tecnologia LED, às entradas de ar de maiores dimensões e à evolução no design da grelha frontal, mais pronunciada e ancorada num ponto mais alto. Tal como no exterior, também no interior as alterações são subtis mas significativas: novas inserções em madeira gravada a laser, um sistema de infoentretenimento com um ecrã de 10.3 polegadas, novas marcações no relógio analógico e um sistema de som Mark Levinson de 15 altifalantes (disponível como opção na versão F Sport).

Como seria de esperar – trata-se de um modelo premium – a Lexus não descurou na qualidade dos materiais nem na montagem, recorrendo novamente às técnicas artesanais Takumi.

Dinâmica e motorização híbrida pensadas para o mercado europeu

Conhecidas as alterações a nível estético, foi a vez de saltarmos para o volante – primeiro na versão Executive e depois na versão F Sport. O renovado Lexus IS 300h faz regressar a motorização híbrida que já conhecíamos do modelo anterior que consiste num motor a gasolina de 2.5 litros com uma unidade elétrica, para uma potência combinada de 223 cv.

Num rápido vislumbre pela ficha técnica, as prestações não são de abrir o olho – 8.4 segundos dos 0 aos 100 km/h e 200 km/h de velocidade máxima – mas o Lexus IS 300h responde de forma exemplar às exigências. Se por um lado o motor elétrico permite uma condução silenciosa descontraída em cidade, em ritmos mais acelerados a entrada em cena do motor de combustão é feita de forma progressiva.

No que toca aos consumos de combustível – segundo a marca, um dos argumentos do novo Lexus IS 300h – a marca anuncia consumos combinados de 4.3 l/100km, mas contem com valores mais próximos dos 6 l/100km numa condução moderada. Principalmente em viagem, que é onde o Lexus IS 300h melhor exprime as vantagens do seu sistema híbrido.

Se ao nível das construção, a Lexus não abdicou das técnicas artesanais japonesas (e fez muito bem), no que toca à dinâmica e comportamento em estrada o Lexus IS 300h foi especificamente pensado para o mercado europeu. De acordo com a Lexus, a nova barra estabilizadora e os materiais de liga leve permitiram aumentar a rigidez da suspensão sem incorrer em qualquer aumento de peso, enquanto que as correções na direção contribuem para um melhor controlo do carro.

Um ponto muito importante, até porque os europeus (ao contrário dos japoneses) valorizam muito a competência dinâmica.

Quer no trânsito da capital, quer nas curvas e contracurvas da Serra de Sintra, pudemos comprovar as melhorias no comportamento do Lexus IS 300h. Além da suspensão mais rigorosa e de uma direção precisa e direta, a caixa e-CVT proporciona uma condução suave e fluída, como se quer num modelo híbrido. Nós também militamos ao lado daqueles que não morrem de amores pelas caixas CVT, mas neste caso temos de tirar o chapéu à Lexus. Funciona!

As diferenças entre a versão F Sport e Executive – além dos pormenores estéticos – fazem-se sentir na suspensão e na direção especialmente afinada, ainda que a nível da direção não nos tenha sido  possível descortinar grandes diferenças (as condições do piso não permitiam grandes aventuras…).

Considerações finais

Nesta renovação do Lexus IS 300h, a marca nipónica assumiu o compromisso de combinar o melhor desempenho dinâmico possível (sem descurar a eficiência) com a qualidade típica de um modelo premium (sem descurar o conforto). Neste primeiro contacto, parece-nos que o resultado foi bem conseguido, e atendendo aos preços em linha com o segmento, é de esperar que o novo IS 300h possa contribuir ainda mais para o sucesso da Lexus em Portugal.

Em breve voltaremos a sentar-nos ao volante do Lexus IS 300h para um contacto mais profundo.

Preços

O novo Lexus IS 300h está disponível em Portugal com cinco níveis de equipamento, entre os 43.700 € e 56.700 €. Consulta a lista de preços:

Business – 43.700 €

Executive – 46.600 €

Executive+ – 49.800 €

F Sport – 50.500 €

F Sport+ – 56.700 €

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Testes

Os mais vistos

Pub