GNR apreende 93 automóveis e mais de 6 mil peças

Mais uma operação da GNR no combate ao crime de Fraude Fiscal Qualificada.

No dia 1 e 2 de fevereiro, a Unidade de Ação Fiscal da GNR realizou uma operação no âmbito do crime de Fraude Fiscal Qualificada em Beja e Setúbal, onde foram apreendidos mais de 5 milhões de euros em peças automóveis.

No total, nas três buscas domiciliárias e 12 não domiciliárias foram apreendidas 6 695 peças automóveis (motores completos, carroçarias, transmissões, centralinas, embraiagens, amortecedores, colunas de direção, etc.) com um preço de venda ao público apurado em 5.484.544 €, e ainda 93 veículos semidesmantelados, dois computadores, dois telemóveis e um cofre. Foram constituídos arguidos dois homens e uma pessoa coletiva.

VEJAM TAMBÉM: Sul-africano constrói o carro dos seus sonhos na sua própria garagem

Esta operação é o corolário de dois anos de investigação a operadores que se dedicavam ao desmantelamento de veículos e, consequentemente, à sua venda em peças a consumidores finais, a outras oficinas de reparações da região alentejana, setubalense e algarvia, bem como a stands de automóveis.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias