Mercedes-Benz «Aesthetics A»: os vincos têm os dias contados

Aesthetics A é o nome da escultura que antecipa a nova linguagem de design da marca alemã.

Conciliar a tradição com a modernidade: foi este desafio a que se propuseram os designers da Mercedes-Benz, e o resultado dá pelo nome de Aesthetics A.

GLÓRIAS DO PASSADO: Metam o bolo no forno… o Mercedes-Benz C124 faz 30 anos

Tal como o Aesthetics No. 1 ou o Aesthetics S, lançados em 2010 e 2012 (respetivamente), este exercício de design serve para mostrar as linhas da futura gama de modelos compactos da Mercedes-Benz, mas não só. Se dúvidas houvesse, a marca de Estugarda vai mesmo avançar para a produção de uma variante três volumes do Classe A, esteticamente distinta do CLA. A Mercedes-Benz justifica a decisão com a elevada procura por este tipo de carroçaria, nomeadamente fora dos mercados europeus.

Sensual Purity: “Os vincos têm os dias contados”

De acordo com a Mercedes-Benz, esta nova filosofia de design – Sensual Purity – consiste em reduzir o veículo ao essencial, adotando superfícies mais fluídas.

“As formas gerais do carro é o que sobra quando os vincos e as linhas são reduzidas ao máximo. Ao combinarmos as proporções ideais com um perfil sedutor, acreditamos que a próxima geração do Classe A tem o potencial para estrear uma nova era de design da marca”.

Gorden Wagener, responsável pelo departamento de design da Daimler AG

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias