Carro do Ano 2017

Hyundai Tucson 1.7 CRDi Premium: aposta no design

Equipamento completo e motor 1.7 CRDi de 115 cv. São dois dos trunfos apresentados pelo Hyundai Tucson ao Carro do Ano 2017. A Razão Automóvel integra o júri deste concurso.

Após uma geração em que adotou a designação ix35, o crossover médio da Hyundai volta a denominar-se Tucson. Mas nesta nova encarnação muda muito mais do que apenas o nome: muda a abordagem da própria marca, que pretende romper com o passado, adaptando mais os seus produtos ao gosto europeu. E o Hyundai Tucson é um reflexo direto disso.

O Hyundai Tucson surge com uma linguagem estética completamente renovada, com linhas similares às restantes gamas do construtor coreano, onde a grelha frontal, em forma de hexágono, e as óticas rasgadas passam a ser ponto central. Os arcos das rodas estilizados, a linha de cintura ascendente, os vincos laterais e o desenho dos para-choques, assim como o rebordo em negro mate em toda a zona inferior da carroçaria, dão ao novo Hyundai Tucson uma aparência mais sofisticada e ao mesmo tempo urbana.

RELACIONADO: Carro do Ano 2017: que modelo irá suceder ao Opel Astra?

No interior, os criativos da Hyundai apostaram em linhas suaves e superfícies ‘limpas’ de maneira a criar maior sensação de amplitude. Os materiais de maior qualidade, sobretudo na zona superior do tablier, contribuem para um habitáculo requintado e de ambiente hi-tech. Na versão Premium isto é suportado por um equipamento generoso, como a climatização dual zone, o ecrã central de 8”, os bancos em pele (de regulação elétrica e com aquecimento à frente e atrás) e o sistema áudio com portas USB e AUX e Bluetooth.

CA 2017 Hyundai Tucson (6)
Hyundai Tucson 2017

O nível de equipamento Premium é igualmente completo no âmbito dos sistemas de apoio à condução, incluindo manutenção na faixa de rodagem LKAS, alerta de tráfego na retaguarda RCTA, iluminação dinâmica em curva DBL, assistência em descida íngreme DBC, monitorização da pressão de pneus TPMS e câmara traseira de estacionamento.

A versão que a Hyundai submete a concurso no Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, Hyundai Tucson 1.7 CRDi 4×2, é animada por um Diesel de 1,7 litros, sobrealimentado por um turbo de geometria variável. No que toca ao rendimento, este quatro cilindros atinge os 115 cv, sendo capaz de desenvolver 280 Nm entre as 1 250 e as 2 750 rpm. Está acoplado a uma caixa manual de seis velocidades, que auxilia na obtenção de consumos mais regrados, com a marca a anunciar 4,6 l/100 km, em circuito misto, para 119 g/km de emissões de CO2.

Desde 2015 que a Razão Automóvel integra o painel de jurados do prémio Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal.

Quanto a prestações, o Tucson 1.7 CRDi 4×2 acelera de 0 a 100 km/h em 13,7 segundos, chegando aos 176 km/h de velocidade máxima.

Além do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, o Hyundai Tucson 1.7 CRDi 4×2 Premium concorre igualmente à classe Crossover do Ano, onde enfrentará o Audi Q2 1.6 TDI 116 Sport, o Hyundai 120 Active 1.0 TGDi, o Kia Sportage 1.7 CRDi TX, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHDi 120 EAT6, o Volkswagen Tiguan 2.0 TDI 150 cv Highline e o Seat Ateca 1.6 TDI Style S/S 115 cv.

Especificações Hyundai Tucson 1.7 CRDi 4×2 Premium

Motor: Diesel, quatro cilindros, turbo, 1685 cm3
Potência: 115 cv/4000 rpm
Aceleração 0-100 km/h: 13,7 s
Velocidade Máxima: 176 km/h
Consumo Médio: 4,6 l/100 km
Emissões CO2: 119 g/km
Preço: 37 050 euros


Texto: Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal

Mais artigos em Notícias