Novo Mazda CX-5: a evolução continua

Nova geração do Mazda CX-5 eleva a fasquia daquele que é o modelo da marca mais vendido na Europa. Será apresentado no Salão de Los Angeles.

Melhor. Cada vez melhor. Entre a Mazda de há 5 anos e a Mazda de hoje, vai uma enorme distância. Uma distância que não se mede em metros nem em quilómetros, mas em qualidade, tecnologia e design. E o novo Mazda CX-5, a julgar pelas imagens promete dar continuidade a esta curva ascendente que a marca tem conhecido e que se tem refletido nas vendas.

Trata-se de uma versão completamente redesenhada do SUV compacto que em 2012 deu origem a toda uma nova geração de modelos da marca, integrando a tecnologia SKYACTIV e o premiado design KODO – A Alma do Movimento da Mazda.

Segundo a marca, todos os aspectos do novo Mazda CX-5 foram refinados, não só em torno do condutor mas em torno de todos os passageiros. O objetivo da Mazda foi projectar um SUV com um forte foco na sensibilidade humana de modo a disponibilizar uma dinâmica que corresponda às expectativas do condutor, mas que também atente ao conforto dos passageiros, garantindo viagens num habitáculo silencioso e concebido com enorme atenção ao detalhe.

4-all-new-cx-5-interior_na-1

Em termos de motorizações, voltamos a encontrar os motores SKYACTIV, incluindo dois motores a gasolina – SKYACTIV-G 2.0 e SKYACTIV-G 2.5 – e também o bloco diesel de baixas emissões SKYACTIV-D 2.2. Três mecânicas competentes com níveis de economia de combustível interessantes em condições reais, bem como notáveis valores de baixas emissões – recordamos que a Mazda tem feito da eficiência dos seus motores uma bandeira.

Em termos dinâmicos, o novo modelo está também equipado com a tecnologia G-Vectoring Control, uma nova proposta tecnológica desenvolvida segundo a filosofia Jinba Ittai da Mazda. Outros destaques adicionais encontram-se no head-up display de projecção de informações no pára-brisas e um sistema de abertura da bagageira por controlo remoto.

1-all-new-cx-5_na-12

Tal como acontece com outras cores premium da Mazda, a nova cor Soul Red Crystal (nas imagens) recorre ao processo de pintura da Mazda denominado Takuminuri, que  segundo a marca “garante a veículos de produção em massa a qualidade e a precisão de uma pintura feita à mão”, após a aplicação de uma tripla camada. Como? Através de processos especialmente desenvolvidos para o efeito, em termos de pigmentação e recorrendo a flocos que absorvem e reflectem a luz, alcançando um acabamento extraordinariamente profundo e vívido.

A comercialização do novo Mazda CX-5 iniciar-se-á em Fevereiro no Japão antes da sua introdução noutros mercados de todo o mundo, ainda não havendo datas para a chegada deste modelo ao mercado português. Recordamos que atualmente, o Mazda CX-5 é o modelo mais vendido da marca na Europa. Para já, vai estar em exposição no Salão Automóvel de Los Angeles, certame que abre ao público de 18 a 27 de Novembro.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos