The Grand Tour vai ter o genérico mais caro da história

Uma entrada apoteótica. É aquilo que podemos esperar do The Grand Tour, o novo programa de Jeremy Clarkson & Cia. Estreia já no próximo dia 18 de novembro.

De acordo com a imprensa britânica o novo programa do ex-trio Top Gear, o The Grand Tour, vai ter ao seu dispor um orçamento milionário. Segundo o The Sun, só no genérico do programa foram gastos mais de 2.8 milhões de euros.

Como é que é possível?

Tudo é possível quando se junta o trio maravilha Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond. Se estão a fazer contas para saber como é possível gastar quase 3 milhões de euros em menos de 30 segundos de vídeo, saibam que a produção não fez a coisa por menos.

Alegadamente o trio vai surgir no genérico do programa ao volante de três Ford Mustang altamente modificados, secundados por mais 150 automóveis, 2.000 figurantes, seis aviões a jato, acrobatas e malabaristas. Este genérico ao melhor estilo «Mad Max» é somente o genérico mais caro da história da televisão.

Orçamento das arábias

Ainda que nunca tenha sido divulgado o orçamento das primeiras três temporada do The Grand Tour, a imprensa britânica fala num valor próximo dos 180 milhões de euros, o que dá em média algo como 5 milhões de euros por programa – mais do que alguma vez a BBC disponibilizou para a realização do Top Gear. O The Grand Tour estreia já no próximo dia 18 de novembro, sabendo-se para já que o primeiro episódio foi gravado numa tenda em Joanesburgo, África do Sul (imagens em anexo).

Enquanto isto, também o programa Top Gear recebeu profundas mudanças (ver aqui). Na luta pelas audiências, quem levará a melhor? Que comecem os jogos!

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos