Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mitsubishi GT-PHEV Concept: forma e funcionalidade num SUV 100% elétrico

O Mitsubishi GT-PHEV Concept servirá de musa inspiradora da próxima geração do Outlander, que deverá chegar ao mercado “num futuro muito próximo”.

A marca nipónica acaba de apresentar em Paris o novo GT-PHEV Concept, uma evolução do protótipo eX Concept apresentado em Tóquio no final do ano passado. Depois de nos ter mostrado as primeiras imagens do design exterior, a Mitsubishi apresentou agora os detalhes das inovações mecânicas deste concept.

Como já era esperado, o GT-PHEV Concept faz-se acompanhar de uma motorização plug-in híbrida composta por um motor elétrico no eixo dianteiro e dois no eixo traseiro, coadjovados por por um motor de 2.5 litros a gasolina. Em termos de autonomia, graças ao pacote de baterias de 25 kWh, a marca nipónica garante que é possível percorrer 120 km em modo 100% elétrico e 1200 km com a ajuda do motor de combustão. Recorde-se que o atual Mitsubishi Outlander PHEV, que recorre a dois motores elétricos de 82 cv cada, tem uma autonomia de 52km no modo elétrico.

Além disto, o GT-PHEV Concept recorre a um sistema de gestão da tração integral apelidado de Active Yaw Control. Com este sistema caso uma roda perca tração, o sistema direciona o binário para as restantes de forma a conseguirmos um melhor controlo do carro.

mitsubishi-gt-phev-concept-10

Já o interior, que não deverá estar muito longe da versão de produção, traz consigo a mais recente geração de tecnologias da marca num estilo premium e minimalista. Tal como tinha sugerido há poucas semanas, a Mitsubishi apostou num tablier com linhas horizontais de forma a criar um “efeito visual de maior largura e amplitude”, num esquema de cores escuras semelhantes às do tejadilho.

Quanto ao aspeto exterior, não houve surpresas. O grande destaque vai para as formas coupé (com um perfil mais esguio e alongado e linhas do tejadilho mais baixas), a grelha com a já habitual assinatura estilística “Dynamic Shield!, faróis mais longos com assinatura luminosa, “portas suicidas” e as câmaras no lugar dos espelhos laterais.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter