Afinal, o que conduz o homem mais rápido do mundo?

Usain Bolt, campeão olímpico e mundial dos 100, 200 e 4×100 metros, é um adepto de velocidade dentro e fora das pistas.

Aos 29 anos, Lightning Bolt, como é conhecido, é já um dos melhores atletas de todos os tempos. Além de três recordes mundiais, o velocista nascido na Jamaica é detentor de seis medalhas de ouro olímpicas e treze medalhas em campeonatos do mundo.

A par das conquistas no atletismo, ao longo dos anos, o atleta foi ganhando também o gosto pelos automóveis, em especial por veículos exóticos de alta cilindrada – o que não surpreende. Usain Bolt é um admirador confesso de desportivos italianos, em particular modelos Ferrari. A garagem do velocista jamaicano é dominada por modelos da marca do Cavalinno Rampante, entre os quais o Ferrari California, F430, F430 Spider e o 458 Italia. “É um pouco como eu. Muito reativo e determinado”, referiu o atleta ao guiar pela primeira vez o 458 Italia.

Bolt Ferrari

A NÃO PERDER: Cv, Hp, Bhp e kW: sabes a diferença?

Além disso, o atleta é um conhecido adepto do Nissan GT-R, de tal forma que em 2012 foi nomeado como “Diretor de Entusiasmo” da marca nipónica. Fruto desta parceria nasceu um modelo muito especial, o Bolt GT-R, cujas duas unidades que foram a leilão serviram para ajudar a Fundação Usain Bolt, que cria oportunidades educacionais e culturais para crianças na Jamaica.

Já como daily driver, Usain Bolt prefere um modelo mais discreto mas igualmente rápido – um BMW M3 personalizado. Tão rápido que o atleta já sofreu dois acidentes aparatosos ao volante do desportivo alemão – um em 2009 e outro em 2012, em vésperas dos Jogos Olímpicos de Londres. Felizmente, Bolt saiu ileso nas duas ocasiões.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias