Portugal é dos países europeus onde se perde menos tempo no trânsito

As conclusões são da INRIX , consultora internacional de serviços de inteligência para os transportes, no seu Relatório Anual de Tráfego 2015 (2015 Traffic Scorecard). Uma referência internacional para medir o progresso da mobilidade urbana.

O relatório analisou o congestionamento urbano em 13 países europeus e em 96 cidades durante 2015. Portugal ocupa a 12ª posição no ranking dos países mais congestionados da Europa, liderado pela Bélgica, onde os condutores perderam uma média de 44 horas em engarrafamentos.

Em Portugal, cada condutor perde apenas em média 6 horas no trânsito. Melhor só na Hungria, onde cada condutor perde apenas 4 horas nas filas de trânsito. No ranking destinado às cidades, é Londres (Inglaterra) que aparece em 1º lugar com 101 horas, seguida por Estugarda (Alemanha) com 73 horas e Antuérpia (Bélgica) com 71 horas. A cidade de Lisboa não é sequer mencionada neste ranking.

INRIX 2015 PORTUGAL
Conclusões deste estudo

INRIX 2015 Traffic Scorecard analisa e compara o estado de congestionamento do tráfego em 100 grandes áreas metropolitanas em todo o mundo.

O relatório revela que as cidades mais afetadas pelo tráfego urbano são aquelas que experimentaram maior crescimento económico. Crescimento demográfico, taxas de emprego mais elevadas e declínio dos preços do petróleo são os principais motivos apontados para o aumento do tráfego registado entre 2014 e 2015.

Atualmente, a INRIX recorre a mais de 275 milhões de veículos, smartphones e outros dispositivos para recolher os dados constantes nestes relatórios. Acede ao estudo completo através deste link.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias