Peugeot L500 R HYbrid: o leão do passado, do presente e do futuro

O Peugeot L500 R HYbrid homenageia uma corrida com quase 100 anos. Um hipotético carro de corrida do futuro com inspirações do passado.

Foi precisamente há 100 anos que o Peugeot L45 conduzido por Dario Resta ganhou as 500 Milhas de Indianápolis – a segunda mais antiga pista de corridas do mundo – atingindo uma velocidade média de 135km/h. Um século após a vitoriosa corrida, a Peugeot presta homenagem à equipa «Charlatans», que proprocionou a conquista de três vitórias nos EUA entre 1913 e 1919. A homenagem foi feita através de um modelo futurista com os olhos postos nas competições do futuro: o Peugeot L500 R HYbrid.

RELACIONADO: A História dos logótipos: o eterno leão da Peugeot

O Peugeot L500 R HYbrid tem um metro de altura ao solo e marca apenas 1000kg na balança. A sua mecânica plug-in híbrida com 500cv, combina dois motores elétricos, com um bloco a gasolina de 270cv. Graças à sua leveza e especificações mecânicas, o L500 cumpre a corrida até aos 100km/h em apenas 2,5 segundos, completando os primeiros 1000 metros em 19 segundos.

VER TAMBÉM: Peugeot 205 Rallye: Era assim que se fazia publicidade nos anos 80

De forma a tornar o Peugeot L500 R HYbrid mais aerodinâmico, a equipa da Peugeot reformulou a arquitetura de dois lugares do L45 original, transformando-o numa proposta com apenas um lugar, propondo ao copiloto (virtual) uma experiência de competição amplificada em tempo real, através de um capacete de realidade aumentada. Para além da sua natureza futurista e do tributo ao seu antecessor, o concept integra as linhas visuais e atuais da Peugeot, como a assinatura de luz frontal do novo Peugeot 3008 e herda ainda a cor original do vencedor L45.

Peugeot L500 R HYbrid-3

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias